Rejane Nascimento: ‘Eu e você’

17/04/2021 19:55

Rejane Nascimento

Eu e você

Dançando com você, senti seu corpo tremer.
Não compreendia seu desejo, mas sentia seu cortejo,
Isso me assustava, contudo você respeitava.

Quando você me olhava, eu não acreditava.
Fugia todo dia, mas não adiantava, pensava que fosse covardia.
Agora compreendo que sentimento verdadeiro não extravia.

O tempo passou nos reencontramos, foi tudo diferente,
Não era mais a amizade da gente.
Aconteceu um beijo, era o início do alívio de um desejo.
Desejo continuado, muitas vezes engolido por um belo respeito.

Sim. O amor estava atrelado e tudo foi crescendo de um jeito gostoso…
De almas e corpos misturados, ninguém sabia quem era ao certo.
Satisfaziam desejos com toques e beijos
Sentiam o gosto do corpo um do outro.

Um universo só nosso, sua respiração na minha face,
E tudo chegou ao ápice.
Uma sensação aliviante, retratada em cada semblante.
Coração ainda em taquicardia e o amor fazendo moradia.

 

Rejane Nascimento

Rejane.d@hotmail.com

Tags: