Projeto de Dança Contemporânea retorna com programação online e gratuita na próxima quinta-feira (15)

15/07/2021 18:43

“Conversas Transitórias” reunirá três artistas e pesquisadores da dança para discutir sobre relações de corpo, criação e crise. Transmissões acontecerão via Instagram

Em 2020 por conta da pandemia da covid-19, muitos projetos precisaram ser pausados e a oficina de Estudos Urbanos em Dança Contemporânea, do projeto “Transcoreografar a Cidade” – contemplado pelo ProAC/2019, foi um deles. Mas, para marcar o encerramento da oficina após um ano de pausa, vem aí o “Conversas Transitórias”, um percurso de três bate-papos, com três artistas da dança, que acontecerá nos dias 15, 16 e 17 de julho, às 19h, pelo Instagram.

As conversas girarão em torno de assuntos sobre corpo, criação e crise como ponto de partida das reflexões e proposições. O bate-papo tem como objetivo investigar as composições estéticas do corpo, de modo a provocar e resgatar os procedimentos desenvolvidos durante a oficina de estudos urbanos em dança.

Cada uma das três artistas e pesquisadoras convidadas colaborará com mapas de pensamentos, jogos de conversa, reflexões improvisadas e composições de sentido pelas palavras-corpo. No dia 15 de julho, Renata Ferraz, abre o “Conversas Transitórias” para falar sobre a relação “corpo”. No dia 16, Vitória Cardoso aborda o tema “criação” e, dia 17, Douglas Emílio encerra a oficina despertando e provocando sobre a temática “crise”.

Os encontros online acontecerão sempre às 19h, pelo instagram do projeto @transcoreografar e posteriormente os três encontros do Conversas Transitórias serão disponibilizados no canal do YouTube de Felipe Alduína.

Para além das Conversas Transitórias, o projeto “Transcoreografar a Cidade” retornou com suas demais atividades propostas, contudo, de maneira online. A próxima etapa será uma oficina de Dança Contemporânea com assistidos daorocab APAE Sorocaba. E no próximo mês, a estreia do vídeo-apresentação de Dança denominado “Errante”, dirigido por Felipe Alduina, artista da Dança e proponente do projeto.

Sobre o projeto:

O projeto “Transcoreografar a cidade” foi contemplado pelo Edital de Primeiras Obras em Dança pelo Programa de Ação Cultural – ProAC/2019, do Estado de São Paulo, e tem como proponente Felipe Alduina, que é artista da dança.

“Transcoreografar a cidade” tem como objetivo movimentar o pensamento crítico sobre como compor ações artísticas nas cidades, promovendo o encontro entre corpo e cidade por meio de experiências de Dança Contemporânea em espaços urbanos e de produção de pesquisa.

Para Felipe Alduina, “Transcoreografar a cidade” visa construir uma relação de intimidade e experiência entre sujeito e cidade, corpo e espaço urbano, pele e parede, pés e asfalto, unhas e concreto, olhos e arranha-céus e poros e fumaça.

 

Tags: