Professor Carlos Cavalheiro, de Sorocaba, é vencedor de Concurso da União Brasileira de Trovadores

04/01/2022 09:32

Com o título ‘Projeto social‘, o escritor compôs o seguinte microconto vencedor: “Palmas e cantoria. O berimbau reverberando no monocórdio. Na roda de capoeira, Ana rodopiava alegre em sua cadeira de rodas”

O professor e escritor Carlos Carvalho Cavalheiro foi um dos vencedores do II Concurso de Trovas e Microcontos realizado pela União Brasileira de Trovadores (UBT), seção Itaocara, Rio de Janeiro.

O resultado do concurso foi anunciado no dia 28 de outubro, pp., pelo Presidente da UBT Itaocara, Rogério Marques Sequeira Costa. Participaram poetas e escritores de diversas regiões do Brasil e de outros países.

As trovas tiveram como tema a deficiência/ deficiente (para o âmbito internacional); Liberdade (para os residentes no Estado do Rio de Janeiro) e Saúde (para os concorrentes que residem em Itaocara). Para as trovas de caráter humorístico o tema foi Covid. Já os microcontos/nanocontos tiveram como tema Educação social (em amplos aspectos, e, até mesmo, quanto à Educação básica à pessoa portadora de deficiência).

O professor Carlos Carvalho Cavalheiro foi um dos cinco vencedores “aequo” no âmbito microconto. Com o título ‘Projeto social‘, o escritor compôs o seguinte microconto vencedor: “Palmas e cantoria. O berimbau reverberando no monocórdio. Na roda de capoeira, Ana rodopiava alegre em sua cadeira de rodas”.

Carlos Carvalho Cavalheiro é o único escritor da Região Metropolitana de Sorocaba a vencer esse concurso e um dos seis paulistas premiados: três de Pindamonhangaba, um de São Paulo e outro de Santo André.

Além de certificado, os trabalhos premiados foram publicados no livro IV Antologia de Trovas e Microcontos, publicado pela Editora Clube de Autores, podendo ser adquirido no endereço: https://clubedeautores.com.br/livro/iv-antologia-de-trovas-e-microcontos

Carlos Cavalheiro

Carlos Carvalho Cavalheiro é professor de História da rede pública municipal de Porto Feliz, autor de 30 livros publicados, sendo o mais recente o romance “O Legado de Pandora”, editado em 2021.

É acadêmico correspondente da FEBACLA (Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes) e membro efetivo da Academia Independente de Letras.

É idealizador da FLAUS (Feira do Livro e Autores Sorocabanos) e colabora nos jornais ROL, Tribuna das Monções e Marimba Selutu (Angola).

A página com os outros trabalhos premiados poderá ser acessada pelo endereço:

https://rogeriomarquescosta.com/blog.php

 

 

 

 

Tags: