Jorge Paunovic: ‘O Espirito do Natal’

23/12/2017 00:01

Jorge Paunovic: ‘O Espirito do Natal’

Ainda é tempo de correria, como o ano todo, quando vamos em busca de muitas coisas que às vezes não fazem sentido em nossa vida e às vezes atropelamos os nossos semelhantes para satisfazer nossos desejos e quanto ao resultado, para nós fica um vazio.
É tempo de Natal. É tempo de enxugar as lágrimas. É tempo de olharmos dentro de nós mesmos e consultar os nossos corações para encontrarmos um outro caminho.
Quanto tempo desperdiçamos buscando satisfações pessoais que nada acrescentaram em nossas vidas, tentando moldar nossos caminho ao de outras pessoas ou imitando aqueles que admiramos, como se quiséssemos nos transformar em outros seres quando devemos nos conscientizar que cada um é um ser único no universo e com tarefas a cumprir de acordo com os dons disponibilizados por Deus.
É tempo de Natal.
Se tiver que sonhar, continue sonhando, é um direito de cada um. Nunca impeça os outros de sonhar porque o sonho é a mola propulsora do futuro, nos faz bem, nos revigora e nos faz seguir adiante. Lembre-se assim, como na noite as sombras surgem, o amanhecer traz o brilho da luz, tão certo como a névoa se esvai aos primeiros raios do sol.
Amanhã será o dia de natal. Então, se tiver que comprar presentes ou desejar receber presentes, não deixe de faze-lo, por que alguns acreditam que isso é comércio. No entanto, quando se presenteia para demonstrar carinho e afeição por alguém não deixe de fazer. Há tantos que sonham nesse dia receber presentes e não tem condições de ter esse sonho realizado, então realize esse sonho e faça que outros também se sintam felizes. Afinal é tempo de festejar o natal. Não critique os outros por terem esse espírito, tenha paciência quem sabe um dia compreenderão o verdadeiro espírito do natal.
Lembre-se que amar ao próximo é também aceita-lo como é, sabendo que não se pode mudar o outro, mas podemos mudar a nós mesmos e quem sabe assim o outro se torne mais simpático.
A caridade, principalmente neste dia, deve ser a tônica por que o Aniversariante foi muito caridoso com todos aqueles que O cercaram e muitos não compreenderam a Sua missão e assim mesmo foi paciente com todos, derramando bênçãos e palavras de consolo.
Reúna a família em volta da mesa ou da árvore e comemore, por que é tempo de Natal. 
Faça uma reflexão e deixe de desperdiçar o seu tempo em busca de algo que não fará com que o seu espírito se sinta feliz, por que virão outras e outras buscas, mas se preocupe com o que lhe trará paz e alegria, sem preocupação. E preste atenção e se importe com aqueles que estão à sua volta e veja se estão felizes, por que você, com apenas um simples gesto, poderá trazer um significado maior para a vida do outro.
Lembre-se que neste dia muitos terão à mesa o necessário para comer e não terão presentes, mas terão em seus corações a gratidão de viver e estarão felizes em compartilhar com o Aniversariante esse dia com a certeza de que o mais importante é ser e não ter.
                                               Então se você é um sonhador, sonhe até que a noite se torne a luz da manhã por que amanhã é dia de Natal.
                                               Que nesse Natal permitamos que a luz brilhe e ilumine os nossos caminhos em busca do verdadeiro Espírito do Natal.
                                               Assim seja.
Jorge Paunovic
Tags: