Célio Pezza: ‘A verdadeira praga’

16/07/2021 16:52

Célio Pezza

A verdadeira praga

Nossa vida é feita de escolhas. Algumas nos levam para o Amor e outras para o Medo. Se optarmos pelo medo, veremos um mundo de isolamento, ansiedade, depressão e hostilidade. Se optarmos pelo amor, veremos que tudo isso é uma ilusão, são nuvens que nos atrapalham a enxergar a verdade. Não é difícil ver que o nosso mundo desde há muito, está desmoronando e, nossa atual pandemia de medo, está acelerando essa queda. A grande mídia projeta somente o medo e o engano e o resultado é o caos que estamos vivendo. Essa manobra criou uma aberração e nos fez desconfiar da natureza e das proteções imunológicas reais em nossos corpos. A vida real não precisa de máscaras, distanciamentos e medo de tudo. Essa insanidade nos foi imposta pela ciência corporativa e rapidamente se enraizou e nos transformou em seres que não pensam mais, não tem vontade própria e que só aceitam e obedecem. Estamos perdendo a nossa conexão interior e, sem ela, a humanidade acabará. Chegou a um ponto em que não nos sentimos seguros em lugar algum, nem mesmo ao lado das pessoas que amamos e vivemos dentro de uma matriz insana de pânico. Esse vírus do medo está distorcendo a nossa mente rapidamente e tem uma velocidade de propagação muito maior que o próprio Covid. Nós estamos sendo ajustados a uma sociedade doente e isso não é bom. Nós entregamos nossos corpos e mentes a essa pandemia de medo e temos tanto medo da morte, que deixamos de viver.  A humanidade está morrendo. Não de Covid, mas de outra doença muito maior. Não encontraremos a cura dessa doença nos médicos, na ciência e na mídia corporativa. Estamos morrendo pelo desemprego, pela ansiedade, depressão, solidão, isolamento, drogas, ausência de pensar e pelo medo. Eles conseguiram nos tirar a capacidade de pensar. Nós nos tornamos um rebanho que segue o som do berrante nas mãos de quem nos arrasta para o precipício. Máscaras e vacinas não param o som do berrante do mal e do medo. Não estamos enxergando com clareza a grande mentira dos tempos atuais que nos foi contada e a ciência dominante nos impede de buscarmos uma conexão interna, a verdade e o verdadeiro amor que pode nos libertar. Nossa civilização já estava em coma há muito tempo e fica mais difícil a cada dia a cura verdadeira da humanidade doente. Nós escolhemos tudo isso e demos autorização para que fosse instalado o caos. Apenas poucos ainda podem reconhecer essa insanidade e sentirem piedade pelo desastre. Apenas poucos não foram infectados pelo medo.

 

Célio Pezza

celiopezza@yahoo.com.br

 

Tags: