Post Tagged with: "Sandra Vasconcelos"

Sandra Vasconcelos: ‘Dia dos Namorados’

04/06/2022 13:20
Sandra Vasconcelos: ‘Dia dos Namorados’

Dia dos Namorados

Sandra Vasconcelos: ‘Origem do Dia das Mães no Brasil e no mundo ‘

30/04/2022 21:28
Sandra Vasconcelos: ‘Origem do Dia das Mães no Brasil e no mundo ‘

Origem do Dia das Mães no Brasil e no mundo

Sandra Vasconcelos: ‘Origem do dia 1º de abril’

01/04/2022 22:43
Sandra Vasconcelos: ‘Origem do dia 1º de abril’

Origem do dia 1º de abril

Sandra Vasconcelos: ‘Minimalismo ou maximalismo?’

06/02/2022 20:09
Sandra Vasconcelos: ‘Minimalismo ou maximalismo?’

Minimalismo ou maximalismo?

Sandra Vasconcelos: ‘Sobre os calendários: a sutil arte da reflexão sobre o término dos ciclos’

29/12/2021 12:40
Sandra Vasconcelos: ‘Sobre os calendários: a sutil arte da reflexão sobre o término dos ciclos’

Sobre os calendários: a sutil arte da reflexão sobre o término dos ciclos

Sandra Vasconcelos: ‘Oração natalina’

10/12/2021 21:42
Sandra Vasconcelos: ‘Oração natalina’

Oração natalina

Sandra Vasconcelos entrevista a artista plástica Irene da Rocha

18/11/2021 22:38
Sandra Vasconcelos entrevista a artista plástica Irene da Rocha

“… quando vejo alguém com uma face interessante, dá vontade de pintar, gosto de retratar as pessoas. Mesmo achando que tenho muito que apreender sobre arte, gosto de retratar alguém.” (Irene da Rocha)

Sandra Vasconcelos: ‘Como é ser criança nos dias atuais?’

13/10/2021 17:46
Sandra Vasconcelos: ‘Como é ser criança nos dias atuais?’

Como é ser criança nos dias atuais?

Sandra Vasconcelos lança o livro Cruzeiro em Verso e Prosa

13/08/2021 16:28
Sandra Vasconcelos lança o livro Cruzeiro em Verso e Prosa

  Autora de livros de gêneros literários, Sandra Vasconcelos, em Cruzeiro em Verso e Prosa, incursiona na narrativa histórica de Cruzeiro (SP), sua terra natal

Sandra Vasconcelos entrevista o músico cruzeirense Júlio Bittencourt

04/08/2021 22:22
Sandra Vasconcelos entrevista o músico cruzeirense Júlio Bittencourt

A luz da cultura, da música e da poesia presente no Jornal Cultural Rol