Post Tagged with: "Jairo Valio"

Jairo Valio: ‘O construtor de pontes’

12/08/2018 01:01
Jairo Valio: ‘O construtor de pontes’

“Por motivos fúteis, uma pequena diferença nos limites das propriedades, uma briga feia aconteceu entre os dois amigos que se davam muito bem. Deixaram de conversar, proibiram suas famílias de terem amizades e assim um clima turbulento se instalou.”

Jairo Valio: ‘Pensamentos’

08/08/2018 14:37
Jairo Valio: ‘Pensamentos’

“Ocultos, vagantes, sem paradas./ Voam longe, disparam, se acalmam,/ Buscam sossegos./ Decifrá-los?/ Impossível, não obedecem comandos!’

Jairo Valio: ‘Superação’

02/08/2018 11:20
Jairo Valio: ‘Superação’

“Ser um professor era um sonho que alimentava desde pequenininho, pois gostaria de ensinar aos mais pobres para que eles tivessem um futuro melhor como desejava para si e toda sua família.”

Jairo Valio: ‘Drogas’

30/07/2018 20:19
Jairo Valio: ‘Drogas’

“Um jovem de nível social elevado envereda para o vício das drogas, sem que se entenda as razões para ter essa opção de vida que lhe consome as entranhas, pois nada lhe falta, a mesada é farta e generosa, tudo é facilitado, reciprocidades não lhe cobram.”

Jairo Valio: ‘Pensamentos’

26/07/2018 10:10
Jairo Valio: ‘Pensamentos’

“Vacilantes, tentei compreendê-los,/ Mas são produtos de memórias,/ Algumas vagas, quase perdidas,/ Outras, vibrantes, nunca esquecidas.”

Jairo Valio: ‘Talvez num sonho’

19/07/2018 13:30
Jairo Valio: ‘Talvez num sonho’

“Teria eu mergulhando em fantasia,/ Um corpo estressado por lamúrias/ e brutal e assustadora tristeza?/ É tanta e cruel a virulência do homem,/ que num momento de sonho, pensei não existir.”

Jairo Valio: ‘Ayrton Senna’

04/06/2018 19:09
Jairo Valio: ‘Ayrton Senna’

“Perfil de homem e rosto de menino,/ Cavalgava no vento toda sua coragem,/ E tinha na mansidão de criança,/ O arrojo dos fortes e a saga dos heróis,/ Mesmo parecendo tão frágil sua compostura.”

Jairo Valio: ‘Brisa que passa’

30/05/2018 07:43
Jairo Valio: ‘Brisa que passa’

“Brisa que passa e leva também as saudades./ Ativou minha mente e recordações surgiram,/ De tempos que amei no alvorecer do dia,/ E na noite serena contemplava a lua,/ Enquanto ela trazia o perfume das flores.”

Jairo Valio: ‘Ser mulher’

07:38
Jairo Valio: ‘Ser mulher’

“Ser uma nuvem que navega num dia de sol,/ Para, então, derramar suas lágrimas,/ Revigorando a terra sedenta de chuvas,/ E tornando viçosas as plantas que morriam.”

Jairo Valio: ‘Por onde anda Deus?’

24/05/2018 15:08
Jairo Valio: ‘Por onde anda Deus?’

“Deus está presente numa flor que desabrocha,/ e irradia seu perfume que a brisa leva adiante./ Quem ama colhe uma flor de seu caule,/ sem se ferir nos seus espinhos.”