Superintendência do Arquivo Público de Uberaba (MG) lança e-book comemorativo do bicentenário da cidade

15/09/2020 07:10

O lançamento ocorrerá amanhã (16), às 11h, por meio de live transmitida pelo Facebook

Para homenagear  o bicentenário de fundação de Uberaba*, que ocorreu em 2 de março de 2020, a Superintendência do Arquivo Público de Uberaba lançará amanhã (dia 16) o e-book ‘Uberaba 200 Anos no Coração do Brasil’ (http://app.codiub.com.br/drive_root/arquivopublico/Uberaba200AnosNoCoracaodoBrasil/).  O lançamento se dará por meio de live transmitida pela página da Prefeitura no Facebook (https://www.facebook.com/PrefUberaba).

Marta Zednik de Casanova, Superintendente do Arquivo Público de Uberaba, idealizadora e organizadora da homenagem

A obra foi organizada pela historiadora Marta Zednik de Casanova e teve a participação da equipe de historiadores daquela instituição e de vários profissionais de distintas áreas com a produção de textos pertinentes às 63 temáticas desenvolvidas para compor o livro intitulado Uberaba 200 Anos – No Coração do Brasil, contendo 790 páginas, publicado em 2020, nos eventos comemorativos do aniversário da cidade. Os créditos das temáticas foram organizados em ordem alfabética.

Os temas foram elaborados baseados em acervos documentais da Superintendência do Arquivo Público de Uberaba, em livros, revistas, jornais e pesquisas acadêmicas de profissionais com vínculo nas universidades.

O livro, produzido em formato e-book, contém um amplo registro da história de Uberaba desde os seus primórdios até os dias atuais, destacando as origens, os aspectos palentológicos, arqueológicos, geográficos, econômicos, sociais, políticos, religiosos, esportivos e culturais que foram se delineando ao longo dos 200 anos.

Uberaba consagra-se como uma cidade pujante e estrategicamente bem localizada, empreendedora, desenvolvida economicamente, ostenta índices de educação de qualidade, prima pela qualidade de atendimento médico e hospitalar, respeita as demandas sociais e as diversidades culturais, valorizando sua gente, com homens notáveis que contribuíram com o desenvolvimento de sua história.

Uberaba foi elevada à condição de Freguesia de Santo Antonio e São Sebastião pelo Imperador D. João VI, por meio de decreto, em 2 de março de 1820, dia e mês em que o município comemora o aniversário da cidade. A data foi escolhida através de um estudo solicitado em 1995 pela Câmara Municipal, que foi realizado pelos historiadores do Arquivo Público e alguns intelectuais, que entenderam que o dia 2 de março de 1820 era a data oficial mais antiga e documentada de Uberaba e que na falta do dia, mês e ano de sua fundação, deveria ser comemorado o aniversário de Uberaba em 2 de marco. A data foi aceita e oficializada por meio da Emenda Constitucional nº 13, à Lei Orgânica do Município, em 7 de fevereiro de 1995.

Tornar-se Freguesia era muito importante, pois significava na estrutura colonial portuguesa, a institucionalização da vida da comunidade pela sua elevação a Matriz, oficializando a ascensão de toda a região ao status de Paróquia (Freguesia). Consequentemente, o Arraial de Santo Antonio e São Sebastião passou a ter autonomia, com garantias do registro oficial em assuntos de ordens religiosa e civil, como: nascimento, batizado, matrimônio, óbito, ministrar comunhão.

Com a criação da Freguesia o arraial deu um grito de independência em relação ao Desemboque, não dependendo da desobriga, que constituía a vinda de um padre, anualmente, dessa localidade para realizar aquelas cerimônias. Com o estabelecimento da Freguesia criou-se um Cartório Eclesiástico, que viabilizou o desenvolvimento e o crescimento populacional. Isso permitiu mais tarde que a Freguesia se transformasse em Vila, em 22 de fevereiro 1836, pela Lei Provincial Mineira nº 28, com o nome de ‘Vila Santo Antonio’, tendo a instalação da Câmara Municipal em 1837. E posteriormente, em 2 de maio de 1856, a Lei Provincial Mineira nº 759 elevou a vila à categoria de cidade, passando a chamar-se Uberaba.

 

* N.E. Uberaba é uma palavra de origem Tupi e significa ‘água cristalina’.

O nome da cidade carrega esse significado porque antigamente a região central era cortada pelo ‘Córrego das Lages’, atualmente canalizado com a rede de esgotos do município (https://www.significadodosnomes.com.br/uberaba>. Acesso em: 15 set. 2020)

 

 

Tags: