Sônyah Moreira: Colar de pérolas

28/09/2019 09:31

Sônyah Moreira

Colar de pérolas

Outro dia estava a contar minhas contas, é  o colar está bem grande, com várias voltas.

Fui tirando do baú de lembranças as contas amareladas pelo tempo, quantas coisas vividas! Contas lindas e  reluzentes, outras apagadas e  sem cor, esquecidas, desprezadas, porém, insubstituíveis!

O baú cheirando a mofo, deixa no ar o cheiro da saudade. Se pudesse voltar e enfileirar as contas novamente,  será que a ordem das contas seria  a mesma? Mudamos muito ao longo dos anos, as escolhas, as prioridades, os anseios, os desejos. Ah! Que saudades de sonhar mais.

As contas variam muito, podem ser de pérolas  raríssimas, ou,  de vidro sem muito valor, moldadas aos trancos e barrancos.

Diz a lenda, que o   colar da vida  de todo ser humano na mitologia grega, são guardados pelas Moiras, seres mitológicos que controlam nosso destino, são tão poderosas que nem mesmo Zeus, interfere em seu trabalho, elas põem e dispõem,  desenham e redesenham  o arquétipo do destino.

Sem dúvida  a nossa coleção de contas pode ser  escolhida,  arrumadas e alinhadas por nós! Sabem como? Nossas escolhas farão a ordem das contas, errando e acertando, por imaturidade e ingenuidade, algumas contas ficarão disformes.

Pérolas raras e únicas, simplesmente insubstituíveis, assim seguem-se  colecionando nossas contas.

Ao olhar seu baú de lembranças, pense   que cada conta foi exatamente da forma necessária para aquele momento. Nas mãos das Moiras, o colar se romperá no momento exato do fim de sua jornada,  e levarás consigo as alegrias e tristezas,  que fazem  de cada um de nós, seres em constante evolução, em busca da eternidade.

Que tal agradecer cada conta de seu colar de pérolas!

 

Sônyah Moreira

sonyah.moreira@gmail.com

Tags: