Sandra Albuquerque: ‘O Prato Principal’

04/12/2020 13:25

Sandra Albuquerque

O Prato Principal

Os pratos
decorados
Um só requinte.
Já imagino
você
puxando a cadeira
para mim
E eu
num elegante
vestido vermelho
com um batom
que o acompanha
no mesmo tom.
Mas não quero
que ele fique
em minha taça
e sim,
em seus lábios
que você degustará
ao sabor do vinho
suave, seco ou rosé
já não sei.

espero por você
naquele ambiente
perfumado
e a luz de velas
convidativo ao amor
folheio
um livro de poesia
que você me trouxe
quando viajou
voltou da França
há três anos.
Um livro
recheado de emoções
onde as vírgulas
e as exclamações
criam vida
e aniquilam
os porquês
e os pontos finais
se transformam
em reticências.
E como
uma salada de frutas
que embora
esteja coberta
com chantilly
cada fruta
tem o seu sabor próprio.

E as horas
vão passando
E ,de repente …
Olho para a porta
e é você que vejo
tão lindo

e bem trajado
como a ocasião pede.
Uma salada,
um prato quente
nos são servidos
e ali ficamos a sós.
E enquanto
degustamos
tudo aquilo
sinto os seus pés
acariciarem os meus
por baixo da mesa ,
escondidos
na chiquérrima
toalha
redonda e longa
como um véu.
E ao mesmo tempo
você me olha
sensualmente
e com suas mãos
toca os meus cabelos
e desce
vagarosamente
um pouco mais

e eu me rendo
como frágil
que sou
aos seus encantos.
E quando percebemos
abrimos mão
de outros sabores,
pois…
fomos para o tapete
envolto de almofadas.
despidos estamos
e a nossa música
toca como mágica.
E aquecidos
não só pelo vinho,
mas
pelo fogo da paixão
ao lado
da lareira acesa
emaranhados
como um só,
na troca
de sussurros
e prazeres
que explodem sentimentos
e mútuas emoções
esquecemo-nos
do prato principal.

 

Sandra Albuquerque

sandralennen@gmail.com

Tags: