Sandra Albuquerque: ‘Cúmplices do amor’

28/07/2020 21:32

Sandra Albuquerque

Cúmplices do amor

Quero você bem junto a mim
Num oceano de emoções
Sentindo o sabor das ondas
Desvendando meus segredos
E ,juntos,conseguirmos ver o oceano bem de perto.
Quero sentir o seu cheiro
Como a brisa que do mar,suavemente, exala
Beijos ,caricias e tudo mais, juntos, dentro desse imenso e quieto oceano.
Vem navegar no meu corpo
Entrelaçar em minhas curvas,me desnudando a alma em forma de canção
E como um barco à vela despontar o belo
Sim,o belo prazer dos meus beijos quentes e os carinhos provocados pelo prazer de ver e sentir o seu cheiro com o mar.
Vem,quero que me ame agora e sem pressa
E que em meus ouvidos sussurre palavras que vão encher o meu coração e me fazer delirar no êxtase da paixão e me lançarei perdidamente, em seus braços ternos.
Você,meu doce velejar
Que desbravando este mar
Ao som das gaivotas que bailam sobre as nossas cabeças e que apreciam os nossos corpos embebidos
Pelo brilho do sol, não quero que vá.
Preciso ficar aqui ,somente, com você
E sei que ficará em meus braços, olhando meus olhos com a cor do mar e vendo o nosso amor navegar ao som das ondas onde o oceano é nosso cúmplice.

 

Portugal/Brasil, 21/07/2020
Autores:
Francisco de Almeida -Portugal
Poetisa Sandra Albuquerque- Brasil
Todos os Direitos Reservados aos Autores por Lei 9610/98

Tags: