Renan Negroni: ‘Por que Lacan’

11/01/2021 19:08

Renan Negroni

Por que Lacan?

 

Por que Lacan?

Rompeu-se a aurora em abril de 1901,

A bela Paris do início do século XX

era presenteada pelo nascimento de uma mente brilhante,

De um inquieto pensador, que ao longo da vida dialogaria com Hegel, Sartre, Derrida e Kant.

A medicina enraizou-se em sua vida, como uma eficaz semente,

Embarcou na peregrinação da psiquiatria, doutorou-se em 1932, mergulhando nos mistérios e fascínios provocados pelo estudo da mente.

Se ele fosse um sacerdote nada convencional,

a psicanálise seria a sua “religião”

Como herege foi julgado pelos seus pares,

A esse instante ele chamou de excomunhão!

Repaginou a leitura da obra de Freud,

Sem espaço nos recônditos formais,

Comunicou-se com filósofos, com seu jeito particular e peculiar “seminarismo”…

A forma de vanguarda com a qual olhava o universo psíquico,

Tornou-lhe de estudante de Freud à fundador do “Lacanismo…”

Aprendeu com Strauss, como os totens eram fundamentais

Para o homem tribal, chamado de selvagem…

Prestava atenção em cada palavra ouvida,

Para ele o inconsciente era descortinado pelas alças

Da linguagem…

Suas sessões curtas foram a cisão, fruto da filosofia lacaniana…

Diferente do tempo pré-estabelecido, herança freudiana.

Apesar das diferenças, partia do pensamento do mestre,

Para um destino um pouco diferente,

Seu pensamento foi um convite à modernidade,

Um novo caminho para percorrer diante das neuroses

Pulsões e desejos da mente…

Foi pai, esposo, mestre e amante,

Permeou sua base analítica, estudando o significante…

Não é fácil compreendê-lo,

Se simples fosse, que graça teria?

Caso se permitisse ser mais um entre tantos,

Sua estagnação seria sua marca obsoleta e com o tempo desapareceria…

Não cabe em uma simples poesia, suas teses ensinadas com

Entusiasmo e ardor…

Coube a bela Paris de setembro de 1981,

Ver os seus olhos sendo fechados, sua boca calada

Pelo infortúnio tumor…

Continuamos o percurso que ele trilhou,

Sabendo que na verdade, não há entre os delírios humanos,

Pelo menos uma mente sã…

E isso é bom, para que possamos continuar respondendo, com ar de descobrimento…

POR QUE LACAN?

Renan Negroni

reenegroni@gmail.com

 

Tags: