Professora Adilene Carvalho Cavalheiro recebe a Mais Alta Comenda da FEBACLA

09/12/2019 16:31

A ‘Comenda Láurea Acadêmica Ouro’ foi-lhe outorgada por suas valiosas contribuições em prol da cultura, reconhecidas como de real valor

A professora Adilene Carvalho Cavalheiro recebeu da FEBACLA – Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes sua Mais Alta Comenda: a COMENDA  LÁUREA ACADÊMICA OURO, outorgada por suas valiosas contribuições em prol da cultura, reconhecidas como de real valor e sua contribuição de modo eficaz da Cultura Nacional.

O trabalho da professora Adilene Cavalheiro já havia sido reconhecido pelo SUPREMO CONSISTÓRIO INTERNACIONAL DOS EMBAIXADORES DA PAZ, representado por sua alteza Real e Imperial Dom Alexandre da Silva Camêlo Rurikovich Carvalho, presidente da FEBACLA e Guardião e Moderador do Consistório, com a outorga do Título EMBAIXADORA DA PAZ E MEDALHA GUARDIÃO DA PAZ E DA JUSTIÇA 

Adilene Carvalho é professora Especialista, Licenciada em Pedagogia e História.  Especialização (Pós-Graduação Lato Sensu) em Gestão Escolar, em Programa de Gestão da Excelência e em Metodologia do Ensino de História.

Orientadora Pedagógica da Rede Municipal de Sorocaba, desde 2009.

Gestora de Desenvolvimento Educacional da Secretaria Municipal de Educação de Sorocaba (2017 – 2018).

Integrante do Núcleo Caipira – Comissão Paulista de Folclore (2000-2002),  participou da Coleção Biblioteca Sorocaba, publicada pela Editora Create, Volume I e II; produziu o CD e DVD “Cantos da Terra” – Registrando grupos folclóricos e parafolclóricos de Sorocaba e Região (LINC – Lei de Incentivo a Cultura); Produziu o DVD “A Umbanda é Mogibá” – Registrando o universo umbandista, forjado no sincretismo religioso dos rituais, advindos das matrizes africanas, indígenas e euro-cristã, formadoras da cultura brasileira (LINC – Lei de Incentivo a Cultura); Integrante da Comissão julgadora do 1º Concurso de poesia feminina de Sorocaba “Alma de Mulher” (2003);  1º lugar , da categoria – Linguagem Oral,  no Concurso “Prêmio Brasil – 500 anos da Língua Portuguesa”.

Tags: