Professor Carlos Carvalho Cavalheiro divulga seu primeiro romance

01/08/2018 08:54

Autor de mais de duas dezenas de livros, esse é o primeiro romance

 

Foto André Pinto

O professor Carlos Carvalho Cavalheiro acaba de editar seu primeiro romance. Intitulado “Entre o sereno e os teares” o livro traz a história de um malandro e de uma operária anarquista convivendo na cidade de Sorocaba (interior paulista) nas décadas de 1920 e 1930.

O autor, que se destacou como historiador regional, argumenta que apesar de ser uma ficção, o ambiente do livro retrata como era a cidade naquela época e traz situações factuais da História em que os personagens são inseridos. Dessa maneira, a perseguição aos adivinhos e às meretrizes, ocorridas respectivamente em 1927 e 1931, são retratadas com a participação de personagens do livro.

Greves, revoluções, cotidiano da cidade, fatos curiosos, crendices, tradições sorocabanas estão presentes no romance.

Com 120 páginas, editado em capa dura, o livro “Entre o sereno e os teares” foi publicado pela editora artesanal “Costelas Felinas”, de São Vicente.  O livro foi escrito entre os anos de 2012 a 2014 e somente agora chega à lume.

“Foi uma experiência interessante publicar um romance. Eu já publiquei outros livros de ficção, mas eram contos, livro de humor e poesia”, comenta o autor.

Este é o terceiro livro publicado em 2018 pelo autor. Os outros dois são: “Sorocaba Lusitana”, em parceria com Marcelo Carvalho Cavalheiro; e ““Tá vendo aquele edifício, moço? : Lugares de Memória, Produção de Invisibilidade e processos educativos na cidade de Sorocaba”.

Quem se interessar em adquirir o livro “Entre o sereno e os teares” poderá fazê-lo entrando em contato com o autor pelo e-mail: carlosccavalheiro@gmail.com

O preço do exemplar é R$ 25,00.

O autor

Carlos Carvalho Cavalheiro nasceu em São Paulo em 1972. Professor de História na rede pública de Porto Feliz (SP), é escritor, historiador, pesquisador de cultura popular, produtor de vídeo, poeta. Reside em Sorocaba. É colunista dos jornais ROL – Região On Line e Tribuna das Monções.

Tags: