Poeta caratinguense Verônica Moreira lança seu primeiro livro: Jardim das Amoreiras

14/09/2021 00:18

O lançamento foi virtual e aconteceu na página do Instagram da autora no dia 9 de julho de 2021

No dia 9 de julho de 2021, a poeta Verônica Moreira lançou seu primeiro livro: Jardim das Amoreiras, pela Editora Versejar, e prefaciado pelo escritor e poeta Evandro Ferreira – IWA.

O evento, virtual e por meio da página do Instagram da autora, contou com a participação de vários autores, amigos, familiares e seguidores da autora, inclusive e com exclusividade a presença do presidente da Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências Letras e Artes – FEBACLA, entidade da qual Verônica Moreira é membro, na qualidade de  Acadêmica Internacional, ocupando a cadeira 74 e tendo como patrona Beth Carvalho. Também esteve presente o  Sergio Diniz da Costa, um dos editores do Jornal Cultural Rol, no qual a autora é colunista e Editora Setorial de Eventos.

‘Jardim das Amoreiras’, segundo a autora, “é um sonho lindo! São poemas baseados em fatos, vivências e pensamentos de uma poeta que expressou todas as suas angústias, medos e tristezas, mas também todo seu amor à família e às pessoas que passaram por sua vida”.

Já no inicio, Verônica conta um pouco de sua história de superação, desde seu nascimento e infância até a vida adulta e relata: “A poesia me salvou da tristeza e da depressão, abriu-me novos horizontes e fez -me voltar a sonhar.

O Livro ‘Jardim Das Amoreiras’ revela os primeiros escritos da autora e convida o leitor a caminhar por um jardim de sentimentos regados por versos e pensamentos que irão instigar a imaginação dos leitores. Numa escrita simples e sensível, Verônica revela a mulher por trás do Livro.

A menina de Caratinga que sonhava ser bailarina, realiza o sonho de forma diferente: dançando com as mãos, ela escreve em versos e poesias sua nova história e dança no palco da existência com seu primeiro livro Jardim das Amoreiras.

Sobre a autora:

Verônica kelly Moreira Coelho, mais conhecida nos meios literários e musicais como Verônica Moreira, é natural de Caratinga (MG).

Seus primeiros escritos literários têm apenas 9 anos, porém, poetisa nata e compositora, a Literatura aflorou-lhe naturalmente e, buscando o aperfeiçoamento acadêmico, ingressou no curso de Letras.

Com entusiasmo e empenho, o talento de Verônica começou a despontar e a ser reconhecido publicamente. Nesse sentido, é Acadêmica Correspondente da ACL – Academia Caxambuense de Letras, Acadêmica internacional da AILB – Academia Internacional de Literatura brasileira, ACL – Academia Cruzeirense de letras, tendo como patrona aescritora Florbela Espanca, ocupando a cadeira de N 57
Verônica Moreira também é Colunista do jornal Cultural ROL e também Editora Setorial de Eventos. É  acadêmica internacional da Febacla – Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências Letras e Artes, patrona: Beth Carvalho, cadeira 74.
Foi agraciada com os seguintes títulos da FEBACLA – Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes: Acadêmica Internacional, Acadêmica Correspondente, Comendadora e Delegada Cultural, e, pela OMDDH – Organização Mundial dos Defensores dos Direitos Humanos, o título de Embaixadora Imortal da Paz.

É coautora das Antologias: ‘Noel Rosa – Os Cariocas e Convidados’, pela Editora Mágico de Oz; ‘Rabiscos Confinados’, promovida pelo cartunista Edra Amorim; ‘A Dor que Deveras Sente’, organizada por Pietro Costa e Charlan Fialho e lançada pela Editora Versejar (homenagem a Fernando Pessoa); ‘Sonata poética da liberdade’, organizada pela jornalista e escritora Élle Marques (homenagem aos 250 anos de nascimento de Ludwig van Beethoven); ‘Lírica Urbe’ (homenagem à cidade de Caratinga); ‘Um Mundo Em versos’, organizada por Vera de Bomfim, e, na qualidade de compositora, do Concurso Eternizarte – Brasil e Portugal, com a música ‘Minha Estrela’.

Instagram: @poesia.veronicamoreira

Facebook: Veronica Moreira

Contato: Tel (033)999706504

Venda: Com a autora ou pela Editora Versejar, no link:

https://livrariaversejar.com.br/produto/jardim-das-amoreiras

 

Tags: