Patrícia Alvarenga: ‘Envelhecer ou apodrecer?’

26/07/2022 16:46

Patrícia Alvarenga

Envelhecer ou apodrecer?

Há alguns dias ouvi a seguinte expressão: “alguns escolhem envelhecer, enquanto outros, apodrecer”. Essa frase ficou ecoando em meus ouvidos… Afinal, prestes a completar cinquenta e um anos, sinto-me num divisor de águas. Parte das pessoas de minha idade estão com a mente (e muitas vezes com o corpo) bastante jovem, cheia de planos, projetos, no auge da carreira, intelectualmente muito ativos, apaixonando-se mais uma vez, namorando, casando-se, divorciando-se, viajando, aproveitando a companhia dos filhos e amigos, tendo sonhos e desejos… Enfim, vivendo intensamente. Eu integro essa equipe. Por outro lado, há aquelas pessoas que começam a apodrecer. Sentem-se e vivem como se a vida já estivesse prestes a findar. Estão murchas, secas, desanimadas, desalentadas, entregues ao destino. Abandonaram as rédeas de suas vidas e só contam os dias que passam… Estas estão apodrecendo e chegarão à terceira idade já sem qualquer viço ou energia.

Tornei-me escritora na meia idade. E cada vez mais escrevo, produzo, fervilho com ideias e projetos. Fiz novos e maravilhosos amigos nos últimos anos. Encontrei pessoas admiráveis, com as quais tenho diversas afinidades. Um novo e precioso mundo se descortinou, fazendo nascer uma nova e melhor versão da mulher que sou.

Já afirmou a maravilhosa Maria Bethânia: “Eu gosto dos meus cabelos brancos, das minhas rugas, gosto… são minhas, o tempo me deu, mereci… envelhecer é um privilégio”. Sim! Envelhecer é um privilégio. Sendo assim, vamos valorizar nossos anos e nossa trajetória.

A forma de envelhecer se trata, geralmente, de uma opção. Todos carregamos nossos fardos, traumas, doenças, perdas, mas decidimos como queremos viver, amadurecer e envelhecer. Não deixemos que nosso passado defina nosso futuro! Temos o agora, o hoje, o presente para desfrutar e para viver (e não apenas sobreviver)! Sempre há tempo, quando acreditamos que o tempo pode e deve agir em nosso favor!

 

Patrícia Alvarenga

patydany@hotmail.com

 

Tags: