O Teatro Escola Mario Persico apresenta os espetáculos ‘As Cegonhas Voam para o Céu’ e ‘Jesus – O Musical’

05/02/2019 11:09

‘As Cegonhas Voam para o Céu’ (08/02 – sexta – 20h); ‘Jesus – O Musical’ (09 e 10 – sábado e domingo – 20h)

AS CEGONHAS VOAM PARA O CÉU

O texto foi escrito em 2001 e apesar de ser uma comédia aborda um problema sério que vem aumentando ano a ano, que é o da gravidez na adolescência. O texto é resultado de uma pesquisa que o NAC fez sobre o assunto junto á sociólogos, psicólogos, médicos e postos de saúde.

A história é ambientada nos anos 60, onde Gabriel (15 anos) e Angélica (13 anos) estimulados pelos amigos e amigas acabam se relacionando e desse encontro surge uma gravidez inesperada, momento que os amigos todos desaparecem deixando as duas crianças totalmente perdidas diante dessa conjuntura da gravidez.

Participam da montagem sob a direção de Mario Persico os seguintes atores Wellington de Souza, Pedro Sales, Wallefi Fernandes, Murilo Ramos, Juarez Pereira, Garbilla Bezutti, Edilaine Germini, Isabela Farah, Laura Vidal, Thais Ferreira Cavalcante.

O espetáculo será apresentado nesta sexta dia 08 de fevereiro, às 20h00 no Teatro Escola Mario Persico.

Serviço:

Espetáculo: As Cegonhas Voam Para o Céu

Local: Teatro Escola Mario Persico

Data: 08/02/2019  (sexta-feira)

Horário: 20h00

Ingressos: R$ 30,00 e R$ 15,00

 

JESUS – O MUSICAL

Abrindo a temporada teatral de 2018, o Teatro Escola Mario Persico trás a cena um musical nacional sobre a Paixão de Cristo. O espetáculo marca o encerramento do Módulo Teatro Musical do curso Profissionalizante do Teatro Escola Mario Persico.

O texto é uma livre adaptação do musical escrito por Plinio Marcos: Jesus – Homem. Plinio Marcos é um autor que deixou sua marca no teatro brasileiro ao trazer para a cena os excluídos, a marginalidade, aqueles que Marx chamava de Lumpemproletáriado, ou seja, termo designativo da camada flutuante do proletariado, destituída de recursos econômicos, e caracterizada pela ausência da consciência de classe.

Inicialmente pode causar certa surpresa Plinio Marcos se afastando de seus temas recorrentes e escrevendo uma Paixão de Cristo. Mas, se prestarem atenção com rigor, notarão que, na realidade, Plínio continua falando do submundo. Seu Jesus é o Cristo original, dos mendigos, das prostitutas, dos desempregados. Desvalidos de toda espécie, enfim.

O título da peça de Plínio Marcos, “Jesus-Homem”, parece indicar uma redução, mas a inteligência do autor, que dá importância à espiritualidade, não lhe permitiu cair nessa armadilha. O lado místico está presente, ainda que não seja o principal enfoque. O lirismo que perpassa o texto revela uma faceta pouco conhecida do escritor. A obra comove pela delicadeza, pela força, pela conhecida revolta de Plínio, que aqui ganha uma dimensão extra, banhada de ternuras”.

A montagem optou por uma linha mais contemporânea, tanto para figurinos, quanto para a encenação. Versões contemporâneas do Evangelho não são novidades, já tivemos Godspell – A Esperança, ambientada no universo hippie, ou mesmo Jesus Cristo Superstar, a opera rock.

Aliás, Jesus – O Musical dialoga muito mais com essa versão opera rock, pelo menos no enfoque que a personagem Judas tem nas duas obras. Nos dois textos o que se vê são os últimos dias do filho de Deus do ponto de vista de Judas Iscariotes, seu traidor. À medida que o número de seguidores de Jesus aumenta, Judas começa a se preocupar que ele esteja se apaixonando por sua própria campanha publicitária, esquecendo os princípios dos seus ensinamentos e se aproximando muito da prostituta Maria Madalena. As musicas escolhidas foram a MBP dos anos 60/70, músicas compostas durante a ditadura militar brasileira. Destaques para composições de Milton Nascimento, Chico Buarque, Edu Lobo, entre outros.

A direção musical, encarregada, sobretudo de preparar o elenco para o canto ficou a cargo de Daniel Guimarães e Zack Rodrigues. A direção cênica e a produção são de Mario Persico. Participam da montagem cantando e atuando mais de 20 atores.

FICHA TÉCNICA

Direção Musical e preparação vocal

Daniel Guimaraes e Zack Rodrigues

Direção Geral

Mario Persico

Serviço:

Local: Teatro Municipal Teotônio Vilela

Datas: 09 e 10 de fevereiro

Horário: 20h00

Ingressos: R$ 40,00 e R$ 20,00

ANTECIPADOS PAGAM MEIA ENTRADA

Tags: