O Prêmio iBest está de volta!

04/08/2020 12:56

Pela primeira vez serão premiadas as melhores iniciativas digitais de Cinema e Cultura do Brasil

RIO DE JANEIRO, 04 DE AGOSTO DE 2020 – Se antes os cadernos de cultura estavam limitados aos números de páginas dos jornais impressos, atualmente há uma infinidade de veículos online sobre cinema, música, curiosidades, literatura, quadrinhos e cultura pop. Análises e resenhas ganham o YouTube e os perfis de influenciadores, cuja opinião afeta o desempenho dos lançamentos. Canais misturam opinião, ciência, história e tutoriais com diversão, criando uma nova forma de entretenimento digital.

E como os consumidores desse conteúdo podem fazer para conhecer e se relacionar com as melhores alternativas de Cinema e Cultura no novo universo digital brasileiro?

O Brasil já teve uma solução para navegar a primeira grande transformação digital – o Prêmio iBest, que entre 1996 a 2008 foi a bússola para o encontro das melhores iniciativas pioneiras na internet, e considerado então a maior premiação do gênero em todo o mundo. E agora é lançado o Novo Prêmio iBest, que pela primeira vez irá apontar aos brasileiros as dez mais relevantes iniciativas de conteúdo digital de Cinema e Cultura no Brasil, considerando a presença unificada de seus sites, apps e redes sociais (Instagram, Facebook, Youtube e Twitter). Estas dez iniciativas mais relevantes segundo os brasileiros serão denominadas como os iBest Top10, e entre estas os brasileiros irão votar para distinguir qual é o melhor conteúdo digital de Cinema e Cultura do país.

O processo de entendimento das dez principais iniciativas utilizou um algoritmo matemático proprietário do iBest para a mensuração da importância destas, considerando todo o universo digital e levando-se em conta métricas como alcance, engajamento e relevância dos sites, apps e redes sociais de cada iniciativa.

O Novo iBest dará também a oportunidade para que todos possam interagir e opinar, identificando de forma colaborativa, e nas principais redes, as preferências dos brasileiros, por votação direta para o entendimento dos campeões a cada ano. Além de conteúdo de Cinema e Cultura, outras 52 categorias serão apresentadas pelo Prêmio iBest para votação em 2020.

O novo Prêmio iBest é uma realização de Marcos Wettreich, reconhecido empreendedor em série, também idealizador e fundador do prêmio iBest original. “O Novo iBest possui um desafio significativamente mais complexo do que o do primeiro iBest, não somente pelo aumento substancial do número de iniciativas existentes, mas ao se propor analisar os melhores considerando e quantificando a presença unificada nas diversas plataformas que compõem este universo digital,” afirma Marcos Wettreich.

No dia 14 de setembro será feita a divulgação dos dez finalistas iBest Top10 de iniciativas de Beleza no universo digital brasileiro. Os vencedores do iBest na categoria serão anunciados em 9 de dezembro deste ano.

Sobre o primeiro Prêmio iBest

O Prêmio iBest foi a maior e mais importante premiação da internet do Brasil, realizado entre 1995 e 2008. Percebido como um “oscar”do setor, era considerado a principal referência de qualidade dos empreendimentos ligados a internet no país. Foi desenvolvido pela Mantel Marketing, empresa de Marcos Wettreich e criadora da propriedade intelectual original sobre a marca iBest. O iBest se tornou empresa independente em 1999, quando GP Investimentos se tornou sócio da mesma. Em 2001 a Brasil Telecom também ingressou como acionista, tendo assumido a totalidade do controle acionário em 2003.

Sobre o Novo Prêmio iBest

O Novo Prêmio iBest é uma iniciativa da iBest Global, empresa também criada por Marcos Wettreich, que reaveu os direitos sobre a marca iBest. Marcos Wettreich é o CEO da iBest Global e Chairman do Novo Prêmio iBest.

Sobre diferenciações entre o primeiro e o Novo Prêmio iBest

O Novo iBest tem como principais evoluções em relação ao primeiro iBest:

  • Categorias atualizadas (com foco em temas atuais, como no melhor Marketplace de e-commerce, melhor Fintech e melhor Superapp, entre outras);
  • Amplitude de escopo (não apenas discernindo sobre os melhores sites, como era o caso no primeiro iBest, mas os melhores considerando todo o universo digital, englobando a presença de cada iniciativa em sites, apps e cada uma das principais redes sociais (Youtube, Instagram, Faceook e Twitter);
  • Abertura para interações em sites, apps e redes, onde todos os brasileiros poderão votar, opinar e contribuir para o iBest nas redes sociais.
  • Identificação dos finalistas Top10 do iBest `a partir do da aplicação do IRD – Índice de Relevância Digital, um índice proprietário, desenvolvido pela iBest Global, que se constitui em um algoritmo matemático para a quantificação da relevância dentro do universo digital. O IRD discriciona numericamente a relevância de uma iniciativa digital, levando em consideração métricas como alcance, engajamento e relevância de seus sites, apps e redes sociais, profundidade de conteúdo ou estoque, crescimento e importância da iniciativa, entre mais de 10 parâmetros.

Sobre Marcos Wettreich

Marcos Wettreich é reconhecido como um empreendedor serial ligado a tecnologia e internet, tendo sido fundador ou co-fundador de empresas como a MLab, que se tornou a Neoris; a Booknet, que foi a base para a criação do Submarino; e o primeiro iBest, que foi adquirido pela Brasil Telecom. É engenheiro eletrônico e pós graduado em marketing pela PUC-Rio, e tem OPM pela universidade de Harvard. Ganhou em 2000 o prêmio de Entrepreneur of the Year, da Ernst&Young.

Mais informações

E-mail: imprensa@ibest.global

Site: www.premioibest.com

 

 

 

 

 

Tags: