O leitor participa: Kowa Iha: ‘Andanças’

10/10/2018 13:49

Kowa Iha: ANDANÇAS

Do livro: ‘Sonho e Realidade’

Comecei ainda menino
Como carregador nas feiras livres
Trabalhei na barraca de verdura
E como a vida é dura
A tarde ia pra Praia Grande vender pastel
Trabalhei também de servente de pedreiro
Ia de trem as seis horas da manhã pra Samarita
Carregava cimento e concreto também
Andei,pastei ,dancei
Na cidade de São José dos Campos fui estudante
Fui,também professor de Física
Dava aula pro Supletivo
E admirava o homem ativo
Que de dia ia trabalhar
E a noite,cansado , ia estudar
Ensinando o tempo que demora pra um corpo subir
E como cai depressa o Homem
Andei,pastei, dancei
Trabalhei em Santos na Alemoa
Trabalhei como engenheiro
E como a vida é dura,companheiro
Na cidade de Franco da Rocha
Ia,todo dia as cinco da manhã
De trem de subúrbio lotado
Às vezes sentado,às vezes em pé

Percorri algumas cidades
Vendo,ouvindo,criticando
Aprendendo,construindo,esclarecendo e sentido essa garra do meu povo
Andei , pastei , dancei
A minha tônica da vida
Sempre foi, e sempre será
Trabalhar,lutar, conquistar
Mesmo que eu tenha que perder
Eu vim aqui pra esclarecer
Não arredo pé do meu ideal
Mesmo que já me tenha causado mal
Continuo das causas um lutador
Tenho o suor do trabalhador
A vontade de servir do professor
E a arte e a técnica do engenheiro
E principalmente a garra do companheiro

Autor : Kowa Iha

Pôs doutorando em Direitos Humanos
Doutorado em Ciências Jurídicas e Sociais
Mestrado em Direito Difuso e Coletivo
Advogado,engenheiro,matemático e pedagogo

Tags: