O leitor participa: Arvelos Vieira, da Academia Cruzeirense de Letras e Artes: ‘Poesia e poema, descobri o meu dilema’

18/11/2018 09:57

Eureka! … que legal, eu descobri,/ A diferença entre poesia e poema,/ Segundo o ‘Aurélio’ a quem recorri,/ Ele define com precisão sobre o tema!”

 

POESIA e POEMA, DESCOBRI o meu DILEMA

Eureka! … que legal, eu descobri,

A diferença entre poesia e poema,

Segundo o “Aurélio” a quem recorri,

Ele define com precisão sobre o tema!

 

POESIA é a arte de criar imagem,

De sugerir a cristalina emoção

Por meio da linguagem

Onde se combinam os sons!

 

POEMA, nada mais é do que a rima,

Do cotidiano, acontecidos diversos,

Onde a emoção nem sempre prima,

Mas garante assuntos em versos!

 

Agora descobri o que eu tenho feito,

Nesse jogo de palavras de sedução,

Poema soa muito mais perfeito,

Poesia? Nada tem a ver comigo não!

 

Entendo que faz poesia quem é poeta,

Como eu faço poema, talvez “poeteiro”,

Mas sinto-me feliz com essa descoberta,

Vez que tenho escrito poemas o ano inteiro!

 

Poemas dos mais variados,

De todos os tipos e assuntos,

Todos eles sempre bem rimados,

Registrando fatos absolutos!

 

Escrevo sobre política, violência,

Pessoas, crianças e sociedade,

Rimando sempre com veemência,

E primando pela qualidade!

 

E assim tenho feito com frequência,

Com total dedicação a literatura,

Meus poemas buscam sempre a eloquência,

Sem nunca fugir da minha propositura!

 

Dando vasão à minha fonte imaginária

Os poemas surgem conforme a situação,

Que um dia comporão uma obra literária,

Frutos de uma dedicada compilação!

 

“REMANDO a vida,

E com a vida RIMANDO!”,

Será a grande pedida,

Do livro que estarei LANÇANDO!

 

Arvelos Vieira – arvelosvieiraneto@gmail.com

 

Tags: