O Leitor Participa: Arvelos Vieira, da Academia Cruzeirense de Letras e Artes: ‘Oito de Março – dia Internacional de Mulher’

08/03/2019 23:25

“AYN RAND, nasceu com o nome em russo, Alisa Zinov’yevna Rozenbaum, em São Petersburgo, no 2 de fevereiro de 1905 e faleceu em Nova Iorque no dia 6 de março de 1982.”

AYN RAND, nasceu com o nome em russo, Alisa Zinov’yevna Rozenbaum, em São Petersburgo, no 2 de fevereiro de 1905 e faleceu em Nova Iorque no dia 6 de março de 1982. Judia fugitiva da Revolução Rússia ela chegou nos Estados Unidos na metade da década de 1920. Foi uma escritora, dramaturga, roteirista e filósofa norte-americana de origem judaico/russa, mais conhecida por desenvolver um sistema filosófico chamado de Objetivismo e por seus romances.

Um texto de sua autoria eu transformei em poema e através desse poema, eu HOMENAGEIO TODAS AS MULHERES nesse dia 8 de Março – Dia Internacional da Mulher, na pessoa dessa grande escritora, corajosa de fibra e visão, AYN RAND.

CORRUPÇÃO vem de FAMÍLIA, A REAL!

O texto a seguir é interessante e muito bacana,

É de uma escritora judia de grande percepção,

Que nos anos 20 tornou-se cidadã americana,

Após fugir da Rússia em plena revolução!

 

“YAN RAND” esse é o nome da nossa enfocada,

De nítido conhecimento de causa e apurada visão,

Que fugiu da Rússia em plena crise deflagrada,

Elegendo os Estados Unidos, sua pátria por opção!

 

FILÓSOFA, DISSE ELA: “Quando você perceber,

Que para produzir precisa obter autorização,

De quem nada produz. Quando entender,

E comprovar que o dinheiro vai para a mão,

 

De quem não negocia com bens, mas com favores.

Quando perceber que muitos ficam ricos/abastados,

Pelo suborno e pela influência e nada de louvores,

E não com o trabalho, o que nos deixa desconsolados!

 

Que as leis não nos protegem deles, pelo contrário;

Eles é que se veem protegidos por elas. Um absurdo.

Quando perceber que a corrupção nos faz de otário,

E é recompensa para esses canalhas imundos!

 

Com a honestidade se convertendo em sacrifício.

Então você pode afirmar, sem medo de errar,

Que sua sociedade está perdida, eivada no vício,

Com a corrupção e o banditismo a lhe amargurar!”

 

Vejam caríssimos amigos leitores,

Um depoimento de 100 anos atrás,

Sobre a ação dos malditos predadores,

Tão revoltante, presente nos dias atuais!

 

A corrupção, a desonestidade e a roubalheira,

Impregnada na sociedade de modo geral,

Data do descobrimento da Nação Brasileira,

Iniciada pela “Sua Excia.” a FAMÍLIA REAL!

 

Arvelos Vieira – arvelosvieiraneto@gmail.com

 

 

 

Tags: