Novos caminhos, resenhas, crônicas e poesias… tudo na ACLA !

21/03/2018 08:17

“Surpresa após surpresa… a nossa ACLA é assim… sempre!”

 

A cada reunião aumenta nossa certeza sobre o caminho a ser trilhado!

As coisas se encaixam como por encanto…

O escritor Eldes Saullo

Na última, o escritor Eudes Saullo abordou um tema muito próximo de nós que ousamos publicar. Como produzir uma obra e, depois, vendê-la ! Em formato e-book, ou em papel ? Após isto, buscamos uma editora convencional, ou partimos para um formato que possa ser melhor gerenciado por nós? Quanto ao marketing, como desenvolvê-lo?

A escritora Renisse Ordine

 

Ora simples, a próxima conferencista ofereceu-nos uma alternativa de eficácia e eficiência… a resenha! Então, Renisse Ordine, da ACLA, de Cachoeira Paulista, apresentou seu trabalho, evidenciando a todos a importância da avaliação externa e independente!

Enfim, sem que tivéssemos combinado nada, duas grandes apresentações que enriqueceram a nossa tarde, e claro, a nossa ACLA !

Mas não parou por ai…

Surpresa após surpresa…

O jovem tenor Marcos Lima fechou com chave de ouro levando emoção a todos os presentes!

A Acadêmica Elza Francisco queria fazer uma homenagem, como gosta, na forma de poema, às mulheres, e junto, veio um jovem, que parecia sem pretensão alguma – Marcos Lima – soltando voz brilhante e primorosa, ao mesmo tempo de rara suavidade e sensibilidade, trouxe a todos a emoção contida que se verteu em lágrimas de muitos dos “nimbados cabelos prateados” presentes…

Pensa que acabou… qual nada…

Eliane Hoenhe, Aurora Motta, João de Assis, Plinio Guarany, Fernando Arauto, Sandra Vasconcelos, Jaime Ribeiro e Plinio Lage se apresentaram com suas trovas, crônicas, poesias…

Posse da nova Acadêmica Marilha Pereira feita pelo Acadêmico Jaime Ribeiro

A tarde ainda teve o magnânimo momento de ver adentrar os umbrais da eternidade mais uma membro, pois sim, uma mulher… Marilha Pereira… na cadeira “Prof. João Ramos da Silva”… aliás, uma Academia onde há muitos professores !

Assim, este foi mais um sábado de sessão “ordinária”, imagine quando fizermos uma especial!

 

A plateia sempre é um show à parte…

 

 

 

 

 

 

Tags: