No Quadro do ROL, a versatilidade literária e cultural de Tatiana Azevedo!

11/12/2021 14:47

 

Tatiana Azevedo

Para o desempenho de múltiplas atividades lítero-culturais, uma multiartista: Tatiana Azevedo!

Tatiana Santos Azevedo Mendes, ou TATIANA AZEVEDO, como é mais conhecida no meio literário, é natural de São Luis do Maranhão e radicada em Curitiba-PR.

Profissionalmente, é psicopedagoga e, por ser especialista em educação, formada em Letras e sendo poliglota, é professora de idiomas. Na área cultural, é escritora, poetisa repentista, declamadora, gestora cultural e ativista internacional!

Acadêmica atuante de várias academias de Letras, Tatiana sentiu que chegara a hora de abraçar mais um projeto literário, agora de cunho internacional, e, em junho de 2020, fundou a AIAP BRASIL – Academia Intercontinental de Artistas e Poetas, em pouco tempo contando com 625 membros, nas categorias Correspondentes Acadêmicos, Catedráticos, Honra Literária, e Embaixadores, ECLAB, com 225 no Brasil e 300 espalhados por vários continentes.

Tatiana desenvolve projetos literários e editoriais, é coautora de 35 Antologias e Organizadora das seguintes antologias poéticas: Águias Literárias I e II, Antologia Quatro Estações Duetos, Celebrativa e outras no prelo.

É autora de vários livros de poesias e do romance poético As Marcas do Tempo. Pessoa de Alma e essência da poesia viva.

Com vasto Acervo Poético, administra o blog artatmoldespoesias, vários Grupos Literários e a Ong Poetic.

Tatiana Azevedo se apresenta aos leitores do ROL com o poema ‘Marcas do tempo’.

MARCAS DO TEMPO

Seu olhar vivo e fecundo!
Se perde, no horizonte…
Miragem
Viagem

Cruza a ponte da esperança de além mar…

Escreve seus dias lúdicos, magníficos.
De tantas andanças, fica sempre o aprendizado.

Suas marcas ecléticas,
Carrega na pele, mega
Tatuadas pelo tempo.

Cada uma delas, conta um conto.
Sua história nítida,
De superação viva.

Traduz a emoção
De suas linhas
Tez bronzeada
Marcada pelo tempo

Seu marco de cada ano
Supera os desenganos
No Memorial de sua lembrança…

Quando sorri…
Ah! é poesia fluente
Faz do amargo o doce aparente e prossegue firme!

Seu rosto se ilumina veementemente,
Como sol de primavera …

Tempera seu bondoso dia
Com maestria de sua generosidade…

Percorre novos caminhos
Aprecia um bom vinho
Iguarias finas
Marcas de sua rotina

Desvendando segredos
Inovando conceitos
Aprendiz do etéreo
Veio das Estrelas
Com uma Missão

Homem experimentado
Pelo Criador Aprovado
Ciente
Caliente
Adornado
De ternura camuflada
De sua missão adocicada

Andarilho nato
Observador de fato
Senhor de si…

Menino Atemporal
Homem real
Encantador Senhor feudal.

Tatiana Azevedo

Direitos Autorais Reservados à Autora.
Brasil, 01.12.2021
@arteepoesia
Dedicado a um amigo querido de outras Galáxias.
RCO

 

 

 

 

 

Tags: