Nicanor Pereira: a volta do poeta ao ROL

13/02/2017 00:13

Ausente por algum tempo, o escritor, poeta e revisor Nicanor Filadelfo Pereira volta à equipe de colunistas do ROL trazendo mais uma grande contribuição: como usar corretamente a crase. Seja muito bem vindo, Nicanor! (HR)

VALORIZE O SEU TEXTO

SAIBA COMO:

A forma como você escreve personifica o seu trabalho, seja em prosa ou em versos.

A observação das regras básicas da gramática de nossa língua ajuda o leitor a aquilatar o seu nível intelectual e cultural.

 

ACOMPANHE:

CRASE

Jamais use crase antes de palavras do gênero masculino.  Ex. Convido à todos (errado); Eu peço à Deus (errado) – Convido a todos (correto); Eu peço a Deus (correto).

Explicação:

“CRASE” não é exatamente o sinal gráfico que se coloca sobre a vogal.

O termo crase provém do grego, significando “fusão”, “mistura”.

Na língua portuguesa, significa “união” de duas vogais idênticas.

É o caso do “a” craseado que, ao receber esse sinal gráfico, identifica aquela vogal dupla.

Assim sendo, uma das vogais seria a preposição “a”, e a outra seria o artigo “a”, cuja preposição que se coloca posterior ao verbo que a exija. Exemplo: Não dê a mão à palmatória. (não dê a mão para a palmatória). [o verbo dar é bitransitivo, portanto, neste caso exige o uso da preposição].

DICA: Se você puder substituir a vogal “a” pela preposição “para”, use o “à” craseado, se a palavra seguinte for do gênero feminino.

Nicanor Pereira,

graduado em letras, com pós-graduação em didática do ensino superior, atua profissionalmente  como revisor de textos.

Contatos: nicanorpereira@gamil.com

 

Tags: