Maria Dolores Tucunduva: ‘O triste final de Dom Pedro II’

15/01/2019 10:48

Maria Dolores Tucunduva

O triste final de Dom Pedro ll

Dom Pedro II

Após 2 dias da expulsão da família imperial , todos seus bens foram saqueados pelos militares e outros leiloados por preços irrisórios . Dona Teresa Cristina morreu em poucos meses ( o enterro foi pago por amigos, devido a difícil situação financeira do Imperador) , Pedro Augusto teve que ser trancado em uma cabine pois não parava de gritar e tremer . O único que o acalmava era seu avô Pedro II , que entrava na cabine sentava ao chão e o abraçava em prantos , dizendo que tudo ficaria bem . Quando a família imperial chegou a Lisboa uma multidão esperava no porto junto aos seus familiares , aonde foi oferecido um palácio e uma voluptuosa fortuna e renda mensal para Pedro . Porém eles não aceitaram qualquer tipo de ajuda financeira dos parentes portugueses, mesmo Pedro tendo o título de Arquiduque em Portugal , Filho do Rei Pedro , Irmão da Rainha Maria da Glória e Tio do reinante da época . Dona Isabel , Conde D’eu e seus 3 filhos foram para o palácio D’eu , de seu pai o Duque D’eu , na França . Aonde tiveram uma vida confortável diante a fortuna que a família D’eu possuía . Pedro II e Pedro Augusto partiram para o centro de Paris , aonde se hospedaram em um simples hotel de 3 estrelas , pago por um grande amigo de Pedro , que viajou logo em seguida para Europa quando soube do acontecido . Pedro Augusto preferiu ficar em um casa de uma amiga íntima de Freud , que tinha grande estima pelo rapaz , um lugar maior e mais sossegado para acalmar o sofrido jovem . A casa ficava 2 quarteirões do hotel aonde Pedro se hospedara , então as visitas de seu avô eram diárias , onde levava seu neto aos museus e bibliotecas da cidade luz .

Tudo parecia que estava em formação, uma nova realidade para todos , e a vida continuava . Pedro adorava dar aulas na principal biblioteca de Paris para universitários , de história , geografia , botânica , grego e inglês . Sua rotina se resumia em acordar bem cedo , preparar suas aulas , ir para biblioteca , visitar exposições , visitar amigos , tomar café pela tarde e ler até 5 livros em uma única madrugada . Pedro adorava traduzir de forma perfeita as maiores obras literárias para o português , e foi o Primeiro a traduzir a obra “Mil e uma Noites” do árabe original para o português do brasil . A relíquia encontra se na biblioteca nacional de Coimbra em Portugal .

Em 1890 , uma pneumonia instalou-se em seus pulmões , o limitando a ficar na cama de solteiro de seu quarto , escrevendo seus amados contos e poesias e lendo seus livros preferidos . Alguns meses após a doença e tratamento sem bons resultados , morrera naquela cama sozinho , com um saco de areia da praia de Copacabana em seu bolso . O velório foi digno de um imperador da França , devido a tal prestigio que Pedro gozava entre os intelectuais e nobres da Europa . Um cortejo de mais de 500 mil pessoas tomaram a rua de Paris , e todas as honras monárquicas foram feitas pelo governo Francês . Um fato histórico , pois nunca Paris tinha se mobilizado tanto , nem mesmo por falecimento de governantes locais . Reis , Rainhas , nobres , burgueses de todo o mundo estavam presentes no velório e no cortejo , como a Rainha Vitória da Inglaterra , o presidente dos Estados Unidos e centenas de amigos intelectuais como o próprio Freud e o filósofo Friedrich Nietzsche .

O Governo Militar Ditatorial brasileiro , revoltou se pelo tamanho da comoção mundial envolta do falecimento de Pedro II . Rompendo acordos diplomáticos com a França , Inglaterra e Alemanha . Nenhum representante do novo governo brasileiro foi mandado para o enterro do expulso imperador . A mídia fechada pelos militares no Brasil , não puderam ao menos noticiar o falecimento do monarca . A grande maioria do povo brasileiro só souberam do acontecido 3 meses depois .

Fonte: Diário Barão e Baronesa de Loreto, Museu Imperial de Petrópolis, Biblioteca Nacional RJ.

Tags: