Mari Moraes: ‘Coronavírus’

30/05/2020 18:10

Mari Moraes

Coronavírus

Oi,

Talvez você não me conheça,

Mas eu farei parte da sua vida por um longo tempo,

Seja diretamente ou indiretamente.

Sou aquele que chega como um rio avassalador,

Que entra nos lares mesmo com as portas fechadas,

Que viaja por vários países sem precisar de passaporte,

Que entra na vida das pessoas sem ser convidado

E permanece por um longo período,

Muitas vezes até eternamente.

Eu não faço distinção de pessoas,

Gosto de todos gêneros, cores e idades,

Mas tem um grupo que eu gosto mais,

Um grupo que a sociedade chama de “alto risco”,

Esse me fascina, me domina e me faz sentir mais potente,

Porque eu entro neles e consigo obter um controle maior,

Deixando-os mais debilitados e mais propensos ao seu fim.

No entanto, tem um grupo denominado de “assintomáticos”,

Pelo qual eu participo de uma forma mais tímida, mais escondida…

E eu gosto disso, pois posso passear por vários lugares sem ser identificado,

Inclusive tendo uma chance maior de disseminação.

O único problema dessa categoria é que a maioria consegue se livrar de mim.

Eu gosto de chegar causando na vida das pessoas,

Mexer com o interior delas, mudar seu humor, sua rotina,

Sua maneira de respirar, de se concentrar e até de se movimentar,

Porque nada melhor que uma cama né? Principalmente se for de hospital,

Daí eu me fascino!

Todavia, preciso desabafar que tem uma coisa que me deixa irritado,

O chamado “isolamento social”… Esse eu detesto,

Porque não me permite andar livremente por aí e conhecer mais pessoas

Esse negócio me proíbe de continuar vivendo

E pode até acabar comigo por definitivo.

Ainda bem que tem bastante pessoas que não cumprem,

Assim eu posso continuar sobrevivendo por aí,

Conhecer mais pessoas e até sofrer mutações ao longo da vida,

O que me permite ficar cada vez mais forte e sem remédio contra mim.

Por falar nisso, tem uma classe chamada de médicos e cientistas,

Que querem descobrir uma morte para mim, a chamada “cura”

Eles ficam estudando para tentar acabar comigo,

Achar medicamentos e vacinas para pôr um fim a mim

E isso não é legal… Por que senão como conseguirei continuar vivo?

Como conhecerei mais países?

Como levarei mais pessoas ao sofrimento e até mesmo ao seu fim eterno?

Quero continuar vivendo livremente por aí

E continuar afetando as pessoas na saúde, no trabalho, na educação e no financeiro.

Mas e então?… Já sabem quem sou eu?

Eu possuo vários nomes, como Coronavírus  ou Sars-Cov-2,

Pode me chamar do que quiser, do que preferir,

Só me deixe continuar vivo e quem sabe até te conhecer pessoalmente,

Fazer um contato mais íntimo com seu interior

Conhecer familiares, amigos e até desconhecidos.

Continue a brigar pelo fim da ciência, da medicina

E faça uso da aglomeração, pois quanto mais fizer, melhor será pra mim.

Com carinho,

Coronavírus

 

Mari Moraes

 

 

 

 

 

 

 

Tags: