Luiz Reis: ‘Bioenergia: Liberação Energética Emocional’

11/06/2019 18:27

Luiz Fernando Reis

Bioenergética, o caminho vibrante para a saúde

“Um contato com a energia do ser”

‘Bio’ significa vida e ‘Energia’ significa movimento, portanto, em uma linguagem bem simplória, Bioenergética é a ciência do movimento da vida, ou em outras palavras, é o estudo do movimento (Energia) que produz, mantém e coordena a vida.

Se tudo no Universo é Energia, então, tudo foi criado a partir da Energia, é modificado pela Energia e é mantido pela Energia. Independentemente de nossas crenças essa é a mais pura realidade.

A Bioenergética está presente em absolutamente tudo o que somos, o que fazemos, pensamos e vivenciamos, somos parte dela e dependemos dela para fazer as nossas escolhas.

Estudando a Bioenergética, estaremos de posse do maior de todos os conhecimentos relacionados à vida, pois entendendo como tudo funciona conseguiremos canalizar a Energia Cósmica de modo a nos beneficiar dela em todos os sentidos da vida. Podemos ser completamente sãos (eliminar todas as doenças, distúrbios e males), ter uma vida mais farta, próspera e bem sucedida, podemos ser felizes em todo o seu mais amplo sentido. Seremos capazes de realizar curas em nós e no outro, melhoraremos a nossa convivência conosco e com a humanidade, estabeleceremos uma nova e melhor relação com a vida, com o Planeta e com o Universo.

Aprender a captar, canalizar e utilizar a Energia Cósmica é fundamental para se relacionar consigo mesmo, com os demais membros da espécie, com a Natureza e com o Universo.

Qual é a primeira coisa que fazemos ao nascer? Respirar! Respirar é a coisa mais fundamental para nós.

Cada emoção que sentimos tem um reflexo diferente na nossa respiração. Quando estamos tristes, deprimidos, a nossa respiração é curta e pequena. Quando fazemos amor, a nossa respiração é abundante e profunda. Quando estamos com raiva, ela é rápida, ofegante.  Cada vez que reprimimos uma emoção criamos uma armadura muscular no nosso corpo, que se manifesta em forma de tensões. Cada parte do nosso corpo apresenta tensões que podem informar-nos sobre o nosso estado emocional.

Para ter maior vitalidade e energia é preciso desbloquear essas tensões existentes no corpo. Só assim as emoções podem fluir livremente e seremos mais verdadeiros com os nossos sentimentos.

Os processos energéticos do corpo estão relacionados ao estado de vitalidade do organismo. “De-pressão” = falta de pressão interna ou de circulação da energia, que fica estagnada e pesa. O decréscimo de energia restringe a motilidade, capacidade para ação espontânea e natural, o sentimento e perdem a vontade de tudo e de todos.

O objetivo da terapia é uma pessoa cheia de vida, capaz de vivenciar e expressar, adequadamente, prazeres e dores, alegrias e tristezas, raiva, amor e sexualidade. O prazer de estar plenamente vivo fundamenta-se no estado vibratório do sistema, sendo percebido na expansão/contração pulsátil do organismo, inclusive no sistema vegetativo – respiratório, circulatório e digestivo. A atitude vibratória é responsável por ações espontâneas, liberação emocional e funcionamento interno harmônico.

O seu estado emocional pode provocar estes 7 tipos de dores no corpo.

Ouça o seu corpo, ele sempre te diz se algo está errado. Ele também reage não apenas ao trauma físico, mas também ao estado emocional. Abaixo estão os principais tipos de dores que estão diretamente ligados às emoções humanas:

  1. Dores Na Parte Superior Das Costas

Esta é a dor mais comum que as pessoas sentem no mundo todo. Este tipo de dor resulta da solidão, da desordem e da sensação de não ser amado ou desejado. Anime-se, saia com os amigos, diga à sua família como se sente.

  1. Dor Lombar

A dor na região lombar significa que você está estressado com problemas financeiros. Não permita que o problema com o dinheiro te desacelere, faça algo para consertar as coisas. Faça um orçamento, poupe grana, equilibre as suas contas.

  1. Dor De Cabeça

Dê um tempo, a sua dor de cabeça pode ser provocada pelo estresse ou por estar sobrecarregado ao máximo. Dedique um tempo só para você para relaxar e diminuir a pressão.

  1. Dor No Cotovelo

Você não lembra de ter batido o cotovelo, mas ele dói assim mesmo? O que está errado? Pode ser pelo fato de você ser resistente a mudanças recentes que aconteceram em sua vida. Quando você se fixa rigidamente no jeito em que as coisas eram, é bem provável que você sinta as juntas dos braços e dos cotovelos tensas.  Então, pare de lutar e aceite as mudanças!

  1. Dor No Quadril

Quando a dor no cotovelo significa que você é resistente a mudanças, a dor no quadril significa que você tem pavor de se mover. Pare de ser tão cauteloso, as mudanças são inevitáveis e você sabe disso. Então, levante-se e mova-se!

  1. Dor No Pescoço

Uma sensação de rigidez ou dor no pescoço aparece se você for o tipo de pessoa que guarda rancores e hostilidade tanto para as pessoas que você ama, como para você também. Trabalhe para perdoar, encontre coisas que você gosta e curta elas. Este é o jeito para se livrar dessa dor no pescoço.

  1. Dor No Ombro

Você já sentiu como se tivesse o peso do mundo inteiro sobre os seus ombros? Essa carga pesada e cansativa é um fardo emocional que você assumiu e que agora se arrasta onde quer que você vá. Pare de fazer isso! Não assuma os problemas dos outros acima dos seus próprios problemas. Deixe as coisas fluírem!

 

Luiz Reis
fone: (15) 99769-5172 (15) 3442-1002 
e-mail: thlfreis@yahoo.com.br
site: www.etcor.com.br

 

Tags: