Leila Alves: “Ri-te’

03/04/2021 19:36

Leila Alves

Ri-te

(Ode ao poema “O Teu Riso”
de Pablo Neruda )

Foi no riso que me pediste,
Que tão logo me cativaste.
Ri-te do nosso amor que
Singelamente, acampaste.

Ri- te pois da felicidade que
Nos cerca, ri- te, ri-te de mim,
De nós, meu grande amor,
Nos afaga.

Ri-te pois dessa mulher que
Te ama.
Ri-te sim, de ti e de mim, que
Vivem loucos, apaixonados.

Só não ri-te da dor, que é ver
Nós dois separados.
Ri- te Neruda, ri-te muito do
Nosso amor escancarado.

 

Leila Alves

leila.alvesmlc@gmail.com

 

Tags: