LANÇAMENTO: LIVRO SOBRE A ÁFRICA, EM SOROCABA

14/02/2015 01:13

Escritor lança livro sobre história da África em Sorocaba

ÁfricaO escritor Ademir Barros dos Santos lança, no próximo dia 6 de março, às 19h, sua obra

“África: nossa história, nossa gente”. O evento, que contará com apresentações artísticas, uma

Roda de Conversa com o tema “Autoestima negra x bullying” e sessão de autógrafos, acontece

no Núcleo de Educação, Tecnologia e Cultura da Ufscar-Sorocaba, à Rua Maria Cinto de Biaggi,

130 – Santa Rosália. A realização conta com o apoio da Secretaria da Cultura de Sorocaba.

O livro, editado pela Mirarte, é resultado de um projeto selecionado no concurso Ideias

Criativas, da Fundação Cultural Palmares, que teve 238 projetos concorrentes de todo o Brasil.

O objetivo do concurso da Palmares foi apoiar ações inovadoras para valorização a cultura

afro-brasileira. Os recursos foram provenientes do orçamento da Fundação e da Secretaria da

Cidadania e da Diversidade Cultural, ambas vinculadas ao Ministério da Cultura.

A obra de Ademir, um pesquisador da África e das africanidades herdadas por seus filhos, tem

272 páginas e está organizada em três partes: a primeira trata da África como o continente-

berço da humanidade. Na segunda parte é analisada a diáspora imposta à população africana,

retirada à força de seu continente e degradada à condição de escrava. E a terceira parte volta-

se ao estudo da evolução da negritude no Brasil e as diversas formas de resistência ao

processo escravista.

Radicado em Sorocaba, Ademir pesquisa e ensina sobre história e cultura de matriz africana no

Núcleo de Cultura Afro-Brasileira da Universidade de Sorocaba (Uniso), bem como em outras

instituições de ensino; faz intervenções eventuais em cursos de Direito e em matérias

específicas de Filosofia e Teologia para discussões sobre preconceito, racismo e discriminação,

além de apresentação do pensamento teológico de matriz africana.

Eventos semelhantes serão realizados para lançamento da obra em outros nove municípios da

região. As Rodas de Conversa serão diálogos com a comunidade, nos quais o autor exercerá o

papel de mediador e cada cidade indicará quatro debatedores, sendo um educador, um gestor

público, um militante negro e um profissional da área de patrimônio histórico. De cada evento,

pretende-se extrair uma pauta de ações concretas a serem adotadas. Ao final, a obra

comercializada a R$ 10, ou seja com desconto de 70%, já que seu preço de capa é R$ 40.

Tags: