Lafam: ‘Barragem de fogo – curti e grosso!’

03/10/2019 23:29

Luiz Antonio Faccin Arruda Miranda

BARRAGEM DE FOGO –

CURTO E GROSSO!

 

MINI-CONTO (dedicado ao Mestre Olavo de Carvalho) – Ernesto nascera numa esquisita Família de classe média argentina que de um lado parecia de Direita, ao manter um estilo de Vida pujante, acreditar na separação das classes sociais, na Propriedade Privada, mas de outro lado assemelhava-se aos socialistas, defendendo a intervenção do Estado na Economia (como para socorrer Empreendedores desastrados, criar reservas de mercado, etc.). O jovem sempre foi muito “mimizento”, traço amplamente reforçada por um ambiente, emocional e espiritualmente, disfuncional. Tinha de tudo e como quisesse muito mais, naturalmente tornou-se revoltado, insaciável e anti-social desde tenra idade. Cedo descobriu como manipular os outros, como quando, ainda bebê, prendia a respiração até ficar roxo ao não ser atendido de pronto. Em termos de estudo, um fiasco: as notas baixas e a indisciplina na escola eram compensadas (e modificadas) pela persuasão de polpudos cheques. Como na sua terra não havia vestibular, freqüentou, durante alguns meses a Faculdade de Medicina, o quê rendeu-lhe um imerecido título de “Doutor”.

Mas a vocação do moço era outra. O seu barato não dizia nada a respeito de salvar Vidas humanas ou Animais, muito pelo contrário, degustava imenso, estonteante e indescritível prazer de matar. Os seus pais pensaram em encaminhá-lo para carreira militar ou policial, mas isto não bastaria para saciar o seu apetite de sangue. Maconheiro, vagabundo, sexualmente reprimido (mal conseguia se masturbar), acabou indo para as “plagas de ninguém” mexicanas, onde conheceu outro bandido que disfarçava a sua delinqüência atrás de ideais “revolucionários”, tendo já uma gangue meio organizada! O seu plano era atacar o governo do seu torrão natal, uma Ilha caribenha, até então paradisíaca! Ernesto sabia puxar o saco de quem se mostrasse mais forte, carismático e rude. Logo se tornou o braço direito desse futuro ditador. Matou muita, mas muita gente e com um gosto incomum. Ocupou postos e cargos importantes no pobre país que conquistaram, como diretor de uma fortaleza prisional e “chefe do Banco Central”, de maneira usualmente desastrosa e catastrófica. Quando, finalmente, morreu, chorando como uma menininha, nas mãos de adversários, um “Historiador” comunista escreveu um livro onde o transformou num personagem fascinante, romântico, corajoso, estrategista hábil e tudo mais. Um camarada falou:

–  Está muito bonito, mas… Quem vai acreditar nisto?

Ao que o outro replicou, sorrindo, maldosa e sarcasticamente: – Hoje, ninguém! Espere uma ou duas gerações e vai ver só! Vai ser adorado, babado…

*           

O AVESSO QUE NÃO TEM AVESSOOs esquerdistas em geral, seja qual for o seu nível e grau de Desajuste (Social-Democrata, Socialista, Comunista, Nazista, sindicalista, líder estudantil, etc.), entre outras características mórbidas, sofrem de uma compulsão irrefreável de mentir. Mentem muito, mentem sempre, mentem descaradamente! Mentem tanto, que mentem inclusive nas raríssimas oportunidades em que “falam a Verdade”!

                                                      *  

HISTÓRIA DA DITADURA COMUNISTA NO BRASIL – O nosso amado, sofrido e abusado País só agora começa a se libertar da torpeza, da embriaguez e da repulsiva ação satânica da esquerda. Fomos sendo preparados praticamente desde a “Proclamação da República”, amaciados e temperados com o torpe Positivismo francês, cozidos por nossas elites rurais atrasadas, “Capitalistas de Estado” e outras castas de oportunistas boçais e burocratas corruptos, que medram por aqui como praga de uma acerba tradição colonial. No entanto, os canalhas vermelhos estiveram no Poder de 1964 a 1985. Não, não, calma lá, amada galera, não estamos nos referindo aos amados irmãos Militares, embora, miseravelmente, haja muitos Lobos mimetizados de Cordeiros em nossas Forças Armadas! O fato é que desde a Intervenção Militar, foi instalada uma ditadura marxista de diversas frentes e faces. Tivemos a ditadura da MPB, com os tipos mais cínicos, vulgares e babacas que decidiam o que era certo e errado, progressista e atrasado, chique e ordinário.

Quem não os curtisse sofreria agressões verbais, físicas e, invariavelmente, o ostracismo. Havia também a ditadura escolar, universitária e editorial: os que não se afinassem com o leninismo-marxismo, gramscianismo e frankfürtismo, não teriam espaço nem para peidar. A ditadura da mídia, sobretudo nas áreas de Informação, sempre foi um horror: censurava-se a nudez, embora se incentivasse a pornografia – como parte da estratégia “horkheimeriana” e “marcuseana”. As narrativas mais sórdidas e mentirosas bombardeavam a Família e a Moral, exaltavam os criminosos, perseguiam as Polícias (Militar, Civil e demais), comprometiam a Tradição. Enquanto isto, os Militares, ingênuos, honestos e bem-intencionados, alavancavam o crescimento econômico, a criação de programas sociais e do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), a modernização das Telecomunicações, a construção e manutenção de hospitais, estradas, portos e aeroportos, garantiam a Paz e a segurança Públicas, etc. E, estranhamente, jamais esboçaram nenhuma defesa ante as calúnias, difamações e injúrias que os “comunistas”  lançam contra eles

*                                                          

A COMISSÃO DA MENTIRA – Os pulhas, asquerosos e depravados “esquerdóides”, particularmente os “petralhas”, inventaram a tal da “Comissão da ‘Verdade’” para posarem de coitadinhos, deturparem a Percepção social e histórica do povo brasileiro, sobretudo das massas ignorantes e juvenis, que não só desconhecem os fatos, não cultivam o hábito de  raciocinar ou ler, como, ainda por cima, são fácil e ridiculamente manipuláveis. Terroristas, assaltantes, assassinos, traficantes e demais castas infernais, além de oportunistas Megalomaníacos, Histéricos, Psicopatas e Paranóicos que se “sentiram” oprimidos ou perseguidos pelo Regime Militar, pleitearam e receberam uma gorda pensão pública a título de indenização pelos “anos de plumas” da sua própria ditadura (aludida acima).

Pois muito bem, já que, perfeitamente consonante ao modo de ser e operar dos vermelhos, tudo não passou de mentiras, invenções e fantasias delirantes, sugerimos a criação da Comissão da Mentira que, de acordo com a dialética desses vagabundos marxistas, trataria, então, da Verdade. A Idéia é fazer os “governos” socialistas e comunistas ressarcirem a todos que foram vítimas dos seus ordinários produtos culturais, como matérias jornalísticas, filmes, livros, revistas, peças teatrais, doutrinação nas Escolas, Universidades, Associações Recreativas, Igrejas, sindicatos, etc. E reparar também os que se tornaram homossexuais contra a sua natureza e vontade, dependentes químicos, Desajustados em geral e pelos desentendimentos e entreveros conjugais e familiares, etc.

Como, porém, graças ao maravilhoso, misericordioso e amoroso Senhor Deus, o Brasil está livre da “esquerdalha”, deixemos de lado essa mais que justa reivindicação. A criminalização do símbolo e do conteúdo do martelo e da foice, já seria uma ótima recompensa!

                                                    *

DOIS PESOS, DUAS MEDIDAS – Essa expressão se refere à injustiça, parcialidade e tendenciosidade de qualquer argumento, consideração e julgamento, pois a regra que se aplica a um caso, é negada a outro, ainda que idêntico. Na Realidade, esconde o péssimo Caráter de alguém, além da infantilidade (no pior sentido possível) e pobreza intelectual, emocional e espiritual! Muito bem, acabamos de descrever o típico esquerdista. Se a grandeza de pesos, extensão, volume e outros valores de mensuração não forem confiáveis, nada mais se pode esperar das relações humanas, técnicas, comerciais e assim por diante. Desde cedo, os pobres humanóides criados sob a opressão totalitária vermelha perdoe-nos a redundância, pois é óbvio que só pode se tratar de regimes esquerdistas -, são condicionados a deturparem os fatos, apelarem nas discussões (mudando o foco, invertendo as posições, entrando em contradição, acusando o oponente daquilo que estão fazendo, etc.) e se sentirem seguros e confortáveis somente atrás de grades e correntes mentais.

O mais triste é vermos americanos traidores que conspiram e obram contra a sua própria magnífica Nação, que representa o ápice da Liberdade. Todas as ações humanitárias como doação de dinheiro, comida, roupas e remédios, proteção militar contra genocidas, estupradores, opressores e saqueadores, são denunciadas pelos sujos marxistas como “espoliação, imperialismo, hegemonia ideológica” e outras baboseiras. Os ditadores de muitos dos países auxiliados costumam pegar a ajuda com uma mão, apunhalando, em seguida, com a outra os Militares, os Políticos Republicanos, o Governo e o povo americano. Você sabia que os “Democratas” se posicionavam contra a abolição da escravidão e foram os criadores da temível e abominável Ku Klux Klan? A “esquerdalha” diz, por exemplo, que os Estados Unidos da América invadem alguns lugares para “roubar o seu petróleo”. Babacas, nem   percebem que o custo das operações militares é muito superior à soma de todos os barris de Ouro Negro que porventura haja lá! Agora, esses desgraçados da mídia e das Instituições de Ensino públicas e da esquerda-caviar, não falam nada, ou até elogiam, quando soviéticos, guerrilheiros, homens-bomba e terroristas muçulmanos perpetram atrocidades traiçoeiras e covardes contra alvos militares ou civis indefesos…

*

QUEM NÃO É CONTRA NÓS, É POR NÓS E a recíproca é verdadeira, ou seja, quem não é por nós, é contra nós. Amada galera, é inacreditável como ainda existem certos tapados que alegam não ser comunistas nem “petóides”, mas… não gostam e nem apóiam o amado paulista, Presidente da República, o Senhor Capitão Jair Messias Bolsonaro (1955 – …). Que droga é essa? Além de ele ser um homem formidável, querido, simpático, inteligente, honesto e tudo o mais que engrandece não só Políticos e pais de Família, mas principalmente o ser humano, está trabalhando, lutando e, literalmente, dando a Vida para endireitar o nosso País, recuperar a Economia, o moral, o crescimento em todos os sentidos O que esses cretinos queriam? O Brasil nas mãos do pt, que além da corrente da corrupção, completa incompetência, antipatia, anti-cristianismo, ignorância, ainda por cima estava nos entregando ao sórdido holocausto do comunismo internacional? Pô, falem sério! Desculpem-nos o termo, mas vão à merda (pra não dizer mais e pior)!

*

QUEM AMA QUEM REALMENTE?A Direita respeita a Liberdade, o livre-arbítrio, as preferências e tendências de cada um. Propõe autonomia, independência e não descarta a solidariedade, a compaixão e a caridade. Exige muito para todos darem mais de si e se tornarem melhores. Por outro lado, a “esquerdalha” tolhe o Espírito de iniciativa, incentiva os vícios, a promiscuidade sexual e a prostituição, a dependência química, a indolência intelectual, controla a mídia e a todos, coletiviza tudo, proíbe a Religião…         

                                                    *

A REDE SATÂNICA DO COMUNISMO – Desde a simbólica queda de Lúcifer, esta criatura torpe, boçal e desprezível vem tentando reduzir o ser humano a seu nível mais baixo, primário e animalesco. Se o amado e excelentíssimo Senhor Deus o desejasse, poderia já ter liquidado a ele e sua execrável legião. Não nos cabe questionar o porquê das Suas deliberações! Seja como for, já é mais do que sabido que “as teorias, ideologias, filosofias e práticas comunistas” não se originaram da miséria, pobreza ou diferenças socioeconômicas no Mundo, porém, dos setores mais ricos, sinistros, poderosos e influentes desde sempre.

Foram tomados pela mania de ter um Estado, uma Religião ou qualquer outra organização como meio de controle psicológico e social absoluto! Obsessão por um novo tipo de escravidão! Afinal, o homem, a sociedade, as Ciências e a Tecnologia evoluíram a ponto de dispensar algemas, argolas, chibatas e cadeias materiais. Os agentes, soldados e obreiros totalitários são recrutados dentre “os Anjos caídos, maléficos e cruéis dos filhos luciféricos”. Nada excita, alegra e atrai mais a adesão de assaltantes e assassinos, do que você apoiá-los na prática dos seus crimes preferidos. Nenhum grupo, bando ou horda de monstros de toda História humana matou, torturou, saqueou e estuprou mais do que o hediondo “Exército Vermelho” dos malditos bolcheviques (seguidos de perto pelos chineses).

As tropas das Gestapo, da Wehrmacht e da SS eram gentis, doces e delicadas perto deles. E desde então, Engenheiros Sociais e agentes marxistas culturais trabalham arduamente nos veículos de Comunicação de Massa, Instituições de Ensino, Produtoras Artísticas e onde quer que haja mais de uma pessoa,  para o emburrecimento coletivo, a difusão de Desajustes Mentais e de Drogas, a erotização obsedante, a destruição da Família, a contaminação da Religião, a alienação das multidões, a glorificação de ídolos (Esportistas, Artistas, satanistas, etc.)… Entretanto, isto não precisa ser assim até o fim. Cada homem ou mulher que acorda, é uma argola rompida dessa nefasta corrente vermelho-fascista!

*

AS GUERRAS – São um mal necessário, não porque tenham de ocorrer por si, mas uma vez que sejam iniciadas – usualmente, com a invasão de uma Nação por outra -, não há como se evitá-la. O Direito de Legítima Defesa é um dos mais sagrados do homem. E a esquerda o vem esculachando por várias razões: a fim de criar um clima de terrorismo, desânimo e prostração, e incentivar a criminalidade, a fim de usá-la como “ferramenta revolucionária”. Desarma a população e, desse modo, antecipa a eliminação de eventual oposição. Nos conflitos bélicos entre Nações, o que os malditos “Illuminati”, comunistas e Senhores do Mundo pretendem é, primeiro de tudo, ganhar muito dinheiro com a venda de armas, munições, veículos blindados e instrumentos – o que nem seria um mal em si caso não deflagrassem planejadamente tragédias como as guerras, os colapsos financeiros, etc. E nem vendessem os artefatos mortais para todos os envolvidos.

Depois, eles pretendem aniquilar e extinguir as fronteiras, massacrar os povos, a sua identidade, cultura e autonomia, preparando o terreno para a instauração de uma ditadura única internacional. Uma vez estabelecida a “Nova Ordem Mundial”, não haverá dissidentes, pois não tendo estes para onde fugir e pedir asilo, serão pura e simplesmente eliminados! A Propriedade Privada será abolida, uma vez que tudo pertence a eles (Estado). As pessoas comuns terão somente posse provisória e precária (sem Estado de Direito, Devido Processo Legal e, muito menos, segurança jurídica) de uns poucos pertences pessoais. A romantização, super-valorização e idealização de tradições, mitos e folclores de tribos, povos e Nações extintos e primitivos, preparam parte do pessoal para um estilo de Vida degradante, pseudo-ecológico/naturalista e atrasado, com aspecto despojado e evoluído de “Nova Era”. A vaidade, a falsa superioridade moral e os embustes esotéricos de todos os tipos serão devidamente explorados junto à implantação de outros tipos de alienação e formação de novos quadros políticos inconscientes, “idiotas utilíssimos” e idealistas.

As sofridas fileiras das Forças Armadas, constituídas dos melhores homens e mulheres do Mundo (se não forem vassalos de comunistas), preparados para tudo, sobretudo para se tornarem realmente Super-Heróis de carne e osso, poderiam cumprir os seus misteres de um modo mais humano, digno e proveitoso, não como meras máquinas de matar e morrer, sem justa causa, suportando os horrores físicos (dores atrozes, feridas, lesões e mutilações, fome, sede, insônia, fadiga, etc.) e morais (medo, tristeza, Depressão, horror, traumas, etc.) de batalhas, algumas vezes, até propositalmente mal planejadas, sem estratégia inteligente, eficiente e sensata, com uma violência retumbante, absurda e desumana. Uma guerra justa é bela, gloriosa e verdadeira, no entanto, um confronto militar para brincadeira, passatempo e diversão de vis oligarcas, para a escravização de povos, extinção da sua Independência e Nacionalidade, para roubar territórios, recursos naturais ou qualquer coisa, é nojenta, fétida e infernal!

*

QUANDO DELINQÜENTES FAZEM LEI E JULGAM A SI – Você pode imaginar que uma coisa dessas apenas aconteceria aqui no Brasil, não exclusivamente por conta da nossa peculiar miscigenação genética e cultural de latinos, índios, negros e orientais médios. Antes de ser algo abusivo, ultrajante e desmoralizante é, acima de tudo, ridículo, completamente ridículo. A extrapolação de todo o surrealismo de um Mundo em que a despeito da advertência do amado Senhor Jesus, que Ele aqui não reina, governou-se descaradamente “em Seu santo Nome”. No Reino Unido e nos Estados Unidos da América a coisa deu certo e funcionou, no melhor sentido possível, pelo menos até as Ratazanas vermelhas de lá perderem o pudor, começando a agir fora de suas tocas e ninhos.

Entre outras vergonhas que seriam cômicas, não fossem trágicas, nojentas e hediondas, vimos um Deputado Federal condenado criminalmente, cumprindo pena em regime fechado, obter autorização do “Supremo Tribunal Federal” para continuar trabalhando, o seu mandato incólume, recebendo remuneração normal. E atuando como Relator de uma comissão da Câmara, incumbida de redigir o novo Código de Processo Penal!!! Essa mesma Corte superior, composta de bandidos e criminosos da pior espécie, ainda tem a pachorra de legislar, extrapolando as suas funções legais e afrontando a Constituição da República, além de violar, com as suas decisões, toda a legislação ordinária. Protegem e libertam condenados, negociam sentenças, desfraldam bandeiras vermelhas e promovem orgias servidas com lagostas e espumantes importados!

*

JUVENTUDE TRANSVIADA, TRESLOUCADA OU SÓ BABACA? Nós apreciamos, curtimos e respeitamos muito todas as fases da Vida, pois como sempre afirmamos, cada uma tem o seu encanto, valor e função. Não pretendemos compensar a nossa idade, agora mais avançada, com meras e tolas racionalizações, tipo “a gente tem certeza de estar ficando idosa, enquanto os jovens têm somente a esperança!”  Não, nada dessas (e outras) besteiras. No entanto, não podemos deixar de nos indignar com as sujas manobras da “esquerdalha” sórdida, inescrupulosa e ignóbil, no Brasil e no Mundo. Por exemplo, será que essa turma infanto-juvenil, que se acha muito diferente, vanguardista, maluca, alternativa e outras babaquices mais, não saca que a caricatura que  adota, assim como os modos insolentes e provocativos, as bebedeiras homéricas, o consumo de drogas, o desinteresse por Educação, Cultura, Conhecimento e Informação em geral, os seus trejeitos afetados, pernósticos e artificiais, não possuem nada, nada de novo, espontâneo, livre e rebelde?  Eles nunca perceberão que simplesmente sofrem a manipulação cirúrgica das corjas “esquerdóides”, cujo primordial objetivo é arruinar o Mundo Livre, destruir a Família, e escravizar e emporcalhar a todos?

*

PRECISAMOS TRABALHAR PORQUE SOMOS POBRES Nós moramos, durante alguns anos, no bairro do Campeche, aqui em Florianópolis/SC. Costumávamos fazer compras num grande supermercado da região, onde tratávamos bem a todos, que retribuíam gentil e afetuosamente. Nunca fizemos acepção de pessoa, mas todos respeitavam as devidas diferenças. Entendemos a Palavra “a cada um conforme as suas obras” como equivalente a Sentimentos e Vibrações de cada um. Gente simplória não é, necessariamente, simples, assim como há aqueles que confundem Amizade com insolência, intrusão e desrespeito. Não há como não amar a homens e mulheres bons, educados e corteses.

Havia um casal muito querido, oriundo do Oeste do Estado, com aquele simpático sotaque italiano. O Walmor, simpático, atencioso e cordial foi durante um bom Tempo o responsável pela entrega em domicílio. A sua esposa, Marlene, trabalhava na padaria do estabelecimento. Quase todas as manhãs, encontrávamos um deles ou ambos indo para a loja. Batíamos um papinho ligeiro e amistoso, desejando-lhes um abençoado dia. Certa vez, a Marlene comentou: “Hoje tenho que andar depressa, perdi a hora. Sou pobre, tenho que trabalhar, né?” Apesar de muito querida, causou-nos perplexidade a sua visão estreita. Pelo seu raciocínio, rico não trabalha? Mesmo que seja um felizardo herdeiro, ficará só curtindo a Vida? Não tem contas a pagar? E quem gera empregos: o Governo, os sindicatos, os traficantes? Esse estereótipo, como todos, atrasa o astral geral, cria Ilusões, inveja e contamina a Mente, que é a Alma.

*

LUTA DE CLASSES Tal ridículo, nocivo e escroto conceito sempre foi a tônica dos discursos, teorias e movimentos marxistas. Não tem nenhum fundamento científico, filosófico, esotérico ou qualquer outro. Mas pode ser analisado sob um prisma psicológico e, com alguma condescendência, sociológico e religioso. Como costumamos frisar, a Igualdade absoluta é uma aberração, uma mentira e uma afronta ao Bom-Senso. Somente as diferenças podem nos tornar melhores ou iguais, num sentido mais elevado. Isto não significa que cada um deva ser abandonado à própria sorte ou, mais comumente, azar. Queremos também dizer com isto que nem todos terão força, talento e disposição. Nem que não despontarão folgados, oportunistas e desonestos em todos os lugares e lados. O que conta é a intenção, o empenho e o esforço, independente do resultado. E que cada um aja conforme a sua Consciência! Quem perde o jogo empenhando-se ao máximo, é um vencedor!

Consumir-se de inveja positiva (“quem tem muito que é feliz”) ou negativa (“quem tem muito é explorador ou ladrão”) é uma vergonha e a exaltação do próprio fracasso. Aqueles que acreditam que apenas as posses materiais, quer as tenham ou não,  trazem a Felicidade, são uns pobres-coitados que não entenderam nada. O amado Senhor Jesus sempre salientou que a riqueza verdadeira, imperecível e que não pode ser surrupiada, não é material: “Não acumuleis para vós outros tesouros na terra, onde as traças e a ferrugem destróem, e onde ladrões arrombam para roubar.” (Mateus 6:19) Isto não significa que seja ruim, pecado ou proibido possuir patrimônio, seja qual for a sua extensão. Tampouco que se deva socializar tudo. Nem que os abastados não sofrem problemas, dissabores, desafios, contratempos, provações ou doenças, ou que os carentes não possam desfrutar de prazeres, júbilos e gratificações. Aqueles não contam necessariamente com um cartão de embarque para o Inferno, tampouco estes têm a certeza do Paraíso. É mais do que óbvio, mas sempre vale repetir: Há milionários, assim como pequeno-burgueses, remediados e pobres, bons e maus. Dinheiro, títulos e propriedades imobiliárias são bons, no entanto, a falta disso não torna necessariamente ninguém menor ou pior do que possa ser.

*

PEDERASTIA E PEDOFILIA A orientação sexual de cada um, de certa forma, diz respeito exclusivamente a si. Todos nascemos com as nossas heranças kármicas, tendências, inclinações, modos e constituição anatômica e fisiológica, sendo que esse conjunto influencia e é influenciado pelos nossos ambientes primários, normalmente a Família e seus círculos, e as experiências pelas quais passamos nestes e noutros contextos. A formação da nossa Mente e da nossa Personalidade se dará principalmente com base nessa constelação como ela é em si e como a percebemos, valorizamos e introjetamos. O material de construção e o projeto do nosso eu, dependem de um somatório de fatores. Quanto mais amorosas, estimulantes, equilibradas e protetoras as primeiras interações, melhor e mais saudável será o resultado final. Daí um dos alvos principais da “esquerdalha” ser a Família. Indivíduos educados sem os pais e/ou demais familiares, sobrevivem e se adaptam de modo praticamente normal, embora sempre restarão lacunas que se não forem preenchidas psicológica e espiritualmente, podem se tornar focos infecção emocional, como Depressão, insegurança, auto-rejeição, baixa auto-estima e predisposição a diversos vícios.

O Estado e as instituições fechadas (totais) sempre representarão o pior tipo de abandono. A adoção costuma resolver quase todos os problemas. De qualquer forma, o abuso em geral e o sexual em especial, mais do que a própria falta de alimentação e abrigo, é uma das experiências humanas mais impactantes, traumatizantes e irreversíveis, sobretudo entre o nascimento e a adolescência. As suas vítimas carregarão para sempre diversas Desordens, como uma obsessiva e inquietante sensação de se sentirem sujas, desarrumadas e repulsivas, sem falar na elevada incidência de vários graus de Depressão. Isto explica o interesse dos socialistas e comunistas em erotizarem as crianças, descriminalizarem a pedofilia e extinguir a Família: quanto mais profundamente quebrarem a maior quantidade de pessoas, mais fácil, eficiente e ligeiramente imporão a sua ordem infernal individual e coletiva.a Igreja Católica apóia os movimentos, partidos e governos vermelhos, por duas razões principais: 1ª.) garantia do monopólio religioso sobre as massas, já amaciadas por uma ditadura totalitária e 2ª.) maior quantidade de criaturas para os seus holocaustos no estilo Sodoma e Gomorra. Como esses crimes começaram? No princípio, a despeito de membros de muitas ordens religiosas fazerem voto de pobreza, abstinência sexual e obediência, Padres, Freiras e terceiros, transavam muito. Obsessivamente!

Ao nascerem, os bebês advindos dessas ignominiosas e espúrias relações eram batizados, estrangulados e enterrados nos Conventos. Talvez buscando uma solução para esse problema, o homossexualismo passou a ser ensinado, estimulado e imposto. Para as mulheres, a solução parece ter dado certo, pois elas ficam quietinhas no seu canto, com as suas orgias, orações e obras assistenciais. Todavia, para os homens, o tiro saiu, literal e literariamente, pela culatra. Tendo ao seu dispor grandes quantidades de meninos (os  órfãos, os abandonados ou os que lhes eram entregues pelos próprios pais, ignorantes e ingênuos, nos Seminários), os Padres começaram a se interessar por carne fresca, tenra e nova.

*

11 DE SETEMBRO DE 2001 Para milhões de pessoas no Mundo porque foi um atentado não somente contra os Estados Unidos da América e os milhares de vítimas, parentes e amigos, mas contra a humanidade esta data ficou triste, amarga e bombasticamente marcada como “o dia mais terrível da Vida”! Morrer, todos vamos um dia, glória ao amado Senhor Deus! Normalmente, porém, de causas naturais, inclusive acidentes, doenças degenerativas, intoxicações e coisas do gênero. Até numa guerra, apesar do choque e da aflição, é um episódio mais ou menos esperado. Agora, nada mais execrável, covarde e infernal do que atentados terroristas. Enquanto a Vida prossegue a percorrer o seu Caminho cotidiano, com todos os percalços, desafios, (des)contentamentos e frustrações, sonhos, planos, esperanças, deveres e obrigações, lubrificando e abastecendo essa Maquinaria viva, linda e sagrada, tudo funciona conforme deveria, com esforço, dedicação, sacrifício e, sobretudo, Amor. Então, ocorre uma tragédia que não deveria: um tranco, um impacto, uma explosão.

E, de um momento para o outro, tudo está errado, as peças, molas, alavancas e engrenagens já não estão em seu lugar. Pânico, gritos, incêndios, desmoronamentos. Gente que há um minuto estava perfeita, saudável, pensando sobre muitas coisas, lembrando-se de compromissos, agora ferida, desmaiada, despedaçada… morta! A notícia corre pelos meios de Comunicação, passa de boca em boa, telefonemas. Preocupação. Nervosismo. Meu Deus, o quê está acontecendo? Onde estão todos, cônjuges, filhos, pais, parentes, amigos… A Morte, um evento tão natural, inevitável e, num certo sentido, belo, torna-se medonha, ameaçadora, sombria, dançando lugubremente sobre escombros, vidros quebrados, ferros retorcidos, Corpos, pedaços de Corpos e sangue… A agonia de quem está morrendo e de quem está vivo, todos em desespero…

Miseráveis do al-Qaeda e de todos os grupos terroristas, assassinos, devassos, patrocinados pelos Senhores do Mundo e pelos déspotas vermelhos!  As “Religiões” que pregam o fanatismo e o extermínio daqueles que consideram infiéis, não passam de um engodo perigoso, diabólico, execrável e sombrio Agora, você consegue imaginar um sujeito insano que vem de um lugar terrivelmente quente, árido, atrasado e tribal, entrando tranqüilamente nos Estados Unidos, sendo bem recebido e tendo todos os direitos assegurados para estudar, trabalhar ou empreender qualquer outra atividade Aí ele não consegue se adaptar. Sente-se rejeitado porque é todo esquisito e uma coisa alimenta a outra, porque é assim que a Vida funciona. Ele acha tudo horrível e irritante. O despeito, a inveja e um estranho Sentimento de Inferioridade devoram as suas entranhas e nutrem as fantasias mais estranhas. O desgraçado não consegue notar nem se relacionar com a beleza, o carinho, o bom-humor e a generosidade desse povo amado, alegre e incrível. Volta à sua terra e põe-se a falar mal dos que foram os melhores anfitriões que alguém possa querer. E os seus conterrâneos, enlouquecidos pelo clima, pela propaganda esquerdista e pela Religião alimentam o antiamericanismo dos globalistas e se aliam aos detestáveis comunistas!              

                                                      *

SER E NÃO SABER QUE É Dizem que o odioso Diabo obteve um grande êxito e muito se exultou ao conseguir persuadir a todos (ajudado por falsos “Profetas” das Ciências, de algumas Religiões e da mídia comunista) que não existe. Ele adora aqueles que o servem e o adoram sem saber. Isto faz muito sentido. Talvez você não saiba, contudo há determinados tipos de Depressão em que o Paciente ignora padecê-la. Experimenta os sintomas e algumas incapacitações, arma-se de racionalizações e negações. Sofre e provoca sofrimentos nos outros. Não procura ajuda ou apoio psicológico, que não serviria para nada, uma vez que a agenda esquerdista também foi implantada nas Faculdades, Clínicas, Associações e Editoras da área, com a finalidade de estabelecer novos e deformados parâmetros de Normalidade/Anormalidade, induzir a maior quantidade de pessoas a falsos padrões de homossexualismo, matrimônios insustentáveis, insatisfação e irreligiosidade… A preparação da Nova Ordem Mundial, contando com a contaminação da mídia e das Instituições de Ensino, a criação de uma Ecologia escatológica, alarmista e enganadora, entre outras teias, técnicas e truques. O pior não é somente a dependência física e psíquica ao Estado, às drogas, ao Álcool Etílico e à Tecnologia (não conseguir viver sem smartphone que tem até corretor automático, automóveis que estacionam e, um dia, andarão, sozinhos, etc.). Acontece que quase ninguém percebe como se encontra enquadrado nos moldes da esquerda: o seu comportamento, a sua atitude, as suas escolhas eleitorais, o seu jeito de captar o Mundo, as suas Emoções cada vez mais tépidas, insípidas e apáticas. As pessoas sentem uma preguiça tão grande de pensar, questionar, comparar e criticar Engolem, gulosamente, o lixo que a maioria dos jornais, Agências de Publicidade e Emissoras de Rádio e, mais ainda, Televisão, enfiam descaradamente em suas goelas abaixo, dia e noite.

*

A ECOLOGIA DA MENTIRA, DA MITOLOGIA E DA MORTE Simbolicamente, a magnânima Natureza é a esposa cósmica que o amado Senhor Deus cria, sustenta e fecunda, sendo um a expressão do outro, trazendo e traduzindo a mesma Verdade, Mistério e Fonte de Vida. Acontece que nenhum grupo, movimento ou ONG se importa de fato com a preservação da biodiversidade, dos recursos naturais e da Saúde mental e ambiental. A Ecologia é meramente mais um aparelho de desorganização da sociedade, das suas Instituições, além de preparar e condicionar as pessoas para um “ideal” falsificado pelo qual aceitarão sacrifícios pessoais e coletivos, como os “sentimentalóides” ávidos de “justiça social”, submissos a uma ditadura de pseudo-iluminados. Os babacas românticos “rousseaunianos,” proclamaram que a Propriedade Privada representa o cerne e a etiologia de todo o mal e sofrimento humanos, quando realmente foi a causa da civilização e sua evolução, libertação e progresso. O “aquecimento global”, “o buraco na camada de Ozônio”, “o desmatamento”, tudo é mentira, uma gravíssima distorção da Realidade. Assim como o preconceito racial, a luta entre os gêneros sexuais, a exploração trabalhista, a perseguição homossexual e outras “causas de conflitos”, que os “esquerdopatas” criam e fomentam para dividir e dominar a todos, a Ecologia é mais um dos seus Circos, Teatros e Cinemas postos a serviço do encabrestamento mental (intelectual, filosófico, moral, cognitivo, etc.), espiritual, emocional e astral da população mundial. Costumam escolher, por exemplo, uma espécie animal que se torna a “queridinha” da Imprensa e do povo, que não percebe que a preservação desse Animal, o seu novo xodó, nada resolverá de concreto, pelo contrário, criará novos problemas!   

*                                               

AS CIÊNCIAS (SEM CONSCIÊNCIA) DOS ESQUERDISTAS Desde os tenebrosos, nauseantes e sujos Tempos da ditadura soviética, mormente na tétrica fase stalinista, a hegemonia ideológica vermelha permeia e controla a tudo e a todos. Nos campos de pesquisa, ensino e divulgação científicos, não foi diferente. Todos os objetos, dinâmicas ou quaisquer fenômenos biológicos, físicos ou químicos, que contradissessem o marxismo – ou parecessem fazê-lo – deveriam ser ocultados, banidos ou negados. Cientistas recalcitrantes, que se recusassem a seguir essa linha de orientação dos criminosos do “comitê executivo dos partidos comunistas da URSS”, o Politburo, o KGB se encarregaria de encaminhá-los aos Campos de Concentração do Gulag, aos hospitais psiquiátricos ou, em seus rompantes de bondade, ao fuzilamento. Hoje em dia, a mentalidade esquerdista não mudou nada, embora o seu modo de agir seja mais traiçoeiro, cínico e dissimulado do que nunca.

A falsificação (de coleta de dados, descrição analítica e projeções a modelos e valores estatísticos) é uma atividade corriqueira, feita com a maior naturalidade que se possa imaginar. Não se esqueça de que para essa corja, “os fins justificam os meios”, ainda que uns sejam piores do que os outros. As medições e aferições, identicamente são adulteradas e as suas conclusões apresentadas como inquestionáveis e irretorquíveis. Como os malditos vermelhos dominam a mídia, as Universidades, as Editoras, as Secretárias, Agências e Ministérios governamentais, a Verdade é amarrada, amordaçada e escorraçada como sempre, mas bem mais enganosamente do que nunca!

 

A LIBERDADE ACIMA DE TUDO? Existem no Universo e nos Mundos humanos, inúmeros Princípios e Valores que estão acima de todas as Idéias, Fatos e Opiniões. Ou, pelo menos, deveriam estar. Por exemplo, somente criaturas muito insanas (psiquiatricamente, moralmente ou ambas as coisas) abrem mão de ser e fazer o que quiserem, dentro de certos limites, claro, a fim de que os outros também possam assim proceder e, destarte, cada um e todos assegurarem os Direitos de cada um e de todos. Você poder ser responsável por si e decidir acerca da sua Vida, errando e acertando, é um Bem inestimável. Assim como ter e manter a sua Fé e a Liberdade de vivê-la, cultivá-la e compartilhá-la com os seus Irmãos. Como sempre salientamos, aquilo que mais nos diferencia dos Animais é a Liberdade, pois graças a ela aprimoramos a Razão, a Personalidade, o Amor e tantos outros celestiais elementos, que nos legitimam como herdeiros do amado Senhor Deus e dos Seus Reinos. Pessoas que rejeitam, reprimem ou temem a Liberdade são muito doentes, como escrevemos acima, ou canalhas o bastante para quererem escravizar os demais. Sejam aqueles, tratados, e estes, eternamente amaldiçoados! Em Nome dos amados Senhor Deus, Senhor Jesus e Senhor Espírito Santo! Abraços e beijos, amada galera! Paz do Senhor!

 

  1. Lafam.