João Bosco do Nordeste: Pensamentos nº 5: ‘Reflexões sobre a velhice’

11/01/2021 20:34

João Bosco do Nordeste

 

Pensamentos nº 5: Reflexões sobre a velhice

1) O que os idosos mais precisam ter é: um (a) cônjuge idoso (a) para junto envelhecer, velhos amigos para conversar, uma família criada para se aquecer, um velho colchão de amor para se deitar, um bom livro antigo para ler, boas músicas clássicas para escutar, um álbum de retratos para não esquecer e uma nova esperança a cada amanhecer.

2) Uma boa diferença entre um idoso e um jovem na adolescência é a prudência.

3) Infelizmente, os tempos modernos criam pessoas idosas tagarelas, que deveriam deixar falar mais as obras delas.

4) A idade nos mostra que as pessoas mais inquietas sem eira e nem beira são aquelas que devem ter algum tipo de coceira.

5) O idoso aprenderá com o tempo a falar menos, se descobrir o tempo certo de se expressar.

6) O idoso só envelhece mesmo quando reclama do que não fez em tempos passados, quando deveria dar mais valor aos sonhos realizados.

7) Velho é quem considera a sua tarefa cumprida, passando a se levantar sem metas e sem esperança na vida.

8) O poder e a riqueza cegam a mente em qualquer idade, quando não se enxerga mais os ponteiros do relógio, tendo a falsa impressão da imortalidade.

9) Pelas forças das suas raízes mais profundas, os troncos velhos conseguem segurar as árvores mais frondosas e fecundas.

10) Nos primeiros cinquenta anos teremos parte do nosso livro como se fosse um rito, mas somente nas revisões dos anos seguintes é que iremos entender o que foi escrito.

11) A vida nos ensina que a solidão é a eterna companheira de quem desconheceu o verdadeiro sentido de repartir o tempo e o ombro até chegar na velhice.

12) Quanto mais consciência dos riscos de envelhecer durante a subida da montanha, menos a visão estará prejudicada ao apreciar a paisagem ao chegar ao cume.

13) Não estranhem quando os idosos desconfiarem dos mais jovens, é exatamente porque já passaram por determinadas idiossincrasias da idade e também não sabiam, sequer, o que precisavam saber.

14) Quando sinto que estou ficando mais velho, tomo um susto e passo a fazer as coisas com mais tranquilidade, respeito às horas, seletividade e determinação.

15) O segredo de quem sabe envelhecer está na sabedoria de ter paciência a aprender a superar o medo. A inexperiência dos imediatistas mata a vida mais cedo.

 

João Bosco do Nordeste

Tags: