Jairo Valio: ‘Por onde anda Deus?’

24/05/2018 15:08

“Deus está presente numa flor que desabrocha,/ e irradia seu perfume que a brisa leva adiante./ Quem ama colhe uma flor de seu caule,/ sem se ferir nos seus espinhos.”

 

POR ONDE ANDA DEUS?

Diante das incertezas,

de tantos corações cheios de ódio,

que julgam ser os senhores da verdade,

mas tão fracos nas intempéries,

chega o momento de dizer,

por onde anda Deus, que os incrédulos rejeitam

 

Deus se faz no sorriso de uma criança,

no afago da mãe que amamenta,

no velhinho de faces enrugadas,

naquele que pede perdão

por algum desatino cometido.

Deus é amor, nunca castigo.

 

Deus se faz nos que sofrem num leito de dor,

trazendo o bálsamo que cura as feridas,

fazendo brotar o sorriso que configura o alívio,

e a doença se vai. Deus não quer sofrimentos.

 

Deus está presente numa flor que desabrocha,

e irradia seu perfume que a brisa leva adiante.

Quem ama colhe uma flor de seu caule,

sem se ferir nos seus espinhos.

 

Deus está presente na manhã radiosa,

quando  inicia o sol seu caminhar.

A natureza desperta do sono:

a cachoeira cai em transe,

e os passarinhos alardeiam seus cantos,

brincando num novo amanhecer.

 

Ao entardecer, o sol descansa,

pintando nuvens como aquarelas,

quais bordados de rendas,

e na noite estrelada,

a lua surge toda iluminada,

atestando a presença de Deus.

.

 

Jairo Valio

 

 

Tags: