Jairo Valio: ‘Pai’

08/08/2021 18:27

Jairo Valio

Pai

 

Cuidadoso jardineiro,
Vai juntando sementinhas,
Regando um precioso jardim,
E uma graciosa companheirinha,
Faz as plantinhas vingarem.

Filhinhos nascem regados com amor e carinho,
E pais atentos tornam-se parceiros,
Da mãe atenta que dá vida aos rebentos que nascem,
E o pai se torna provedor daquele lar cheio de amor.

Atento, o pai se torna protetor daquele lar feliz,
Dividindo tarefas com a mãe sempre ocupada,
Que acompanha o crescer das lindas criaturas.

Ganham espaços, o garoto fazendo peraltices,
Que o pai compartilha ensinando as artimanhas,
E as corridas desenfreadas tem sempre um vencedor,
O garoto sapeca que desliza suave na grama macia.

A garotinha tem suas bonequinhas que ensina a ninar,
Pedindo a mamãezinha que conte historinhas,
E depois de todas as tarefas vencidas,
Brincam de desenhar bichinhos ou rolarem nos tapetes em deliciosas algazarras.

Assim é o pai verdadeiro na minha concepção, que deve acompanhar o nascimento, crescimento quando crianças e adquirirem respeitosas afinidades e companheirismo até atingirem a fase adulta, quando devidamente estruturados, seguem seu caminho, com muito amor, preparo para os desafios da vida, respeitando o próximo, atingindo objetivos e se um dia um amor surgir, para ele dirigir todas suas meiguices e seus temperamentos carinhosos.

FELIZ DIA DOS PAIS.

 

Jairo Valio

 

 

 

 

Tags: