Jairo Valio: ‘Mulher, simplesmente mulher’

11/07/2021 15:42

Jairo Valio

Mulher, simplesmente mulher

Lá vai ela, atraente, sedutora, capaz,

não se curva à vaidades por ser soberana,

e se existirem defeitos em sua postura,

passa ao largo com toda desenvoltura,

diante das virtudes mais significantes,

por ser especial e abençoada por Deus.

 

Sabem amar com a sedução que emanam,

próprias de criaturas tão atraentes e belas,

pois o mestrado tiveram de forma sublime,

com amor de mãe que nada o suplanta,

pois geram vidas que são seus amores,

diante de incomparáveis cumplicidades.

 

Rainhas do lar sem coroas ou majestades,

cuidam de vidas como se regando os jardins,

e as flores vão se abrindo espalhando perfumes,

filhos que nascem de desejos incontidos,

de casais que se amam para o amor perdurar,

e mantenham compromissos jurados no altar.

 

Mulher guerreira que não teme desafios,

não tem hora para descansos mais que justos,

tantos são os desencargos que desempenha,

não esmorecendo nem diante de infortúnios,

pois de sua coragem se superam obstáculos,

e a serenidade volta a reinar no lar todo seu.

 

Encontra tempo até para exercer suas vaidades,

e nas passarelas da vida se mostra soberana,

alegre, versátil, bonita, com atraentes posturas,

não importa a idade tantas são suas virtudes,

exercendo fascínio até quando busca o amor,

e quando ele chega se entrega de forma tão doce.

 

Jairo Valio

 

Assista abaixo o vídeo de ‘Mulher, simplesmente mulher’, de autoria de Jairo Valio, declamado e produzido por Claudia Lundgren:

 

 

Tags: