Ivan Vagner Marcon: Conto: ‘1979’*

11/05/2019 19:40

Ivan Vagner Marcon

Conto: 1979*

Foto por Roberto Prestes de Souza

I

A mãe lavava os pratos na cozinha enquanto ouvia Cascatinha e Inhana na vitrola. O pai (de chapéu) descansava na sala junto ao silêncio e aos desejos arquivados. No quintal uma criança lia. Um tempo longe, em que tudo era efêmero. Um tempo que já desapareceu. Afetos e pessoas. Coisas. Desapareceu até o pensamento sobre o sumiço.

II

A criança lia. E do alçapão do livro ela ouvia a voz de um mundo maior e melhor para viver e sonhar. Tudo passava, tudo escapava e se escondia. Mas eis que vinha o livro e retirava a criança dos assaltos. O livro com seus equilíbrios sabia aonde.

III

Nas mãos do menino o livro era o sorriso do gato de Alice: se abrindo no meio da escuridão até o milagre da risada no escuro.

IV

Tantas e tantas tardes repetidas naquele quintal…

e o menino entendia.

V

No livro, o gato piscava o olho.

 

*  Este conto faz parte do livro NUM3, a ser lançado.

 

Ivan Vagner Marcon 

ivan.vagner@hotmail.com

(15) 99638-5889

 

 

Tags: