Imigrantes: da realidade para a literatura

27/02/2020 22:41

Inspirado em acontecimentos recentes como o conflito humanitário venezuelano e a devastação da Amazônia, escritor Mauro Segarra, lança pela Amazon seu mais novo livro ‘Meteoro’

Em meio à crise humanitária venezuelana, com efeitos no Brasil, um importante pastor evangélico e presidente-fundador da Congregação é misteriosamente encontrado morto em um quarto de hotel em Boa Vista (RR), junto a uma refugiada da Venezuela.

Sem concordar com os rumos tomados na investigação do assassinato de seu pai, Turíbio parte em busca da verdade em meio ao caos instalado em sua volta. É nesse cenário envolvente e realista criado pelo escritor e pesquisador em acústica Mauro Segarra, que se passa a obra Meteoro, lançada em e-book na Amazon.

Nessa narrativa encantadora e ambientada nos tempos atuais, Turíbio, um dos personagens principais, fica dividido entre buscar a reparação da imagem do pai e viver uma devastadora paixão por uma misteriosa jovem venezuelana, que lhe foi apresentada como Ester, que o rapaz conhece no coração da Amazônia.

Além da trama central, que retrata com afinco os refugiados da Venezuela e as missões evangélicas na região norte do Brasil, Mauro Segarra consegue trazer aos leitores reflexões relevantes sobre a devastação da Amazônia; exploração dos recursos naturais; conflitos com os garimpeiros e índios; os desdobramentos em Roraima; organizações criminosas da região e tráfico internacional de pessoas.

“— Não haveria necessidade de forjar nada – emendou o delegado. – Ele seria morto da mesma maneira que tantos outros padres, pregadores e jornalistas, por esta Amazônia afora. Seria vítima de algum atentado, de um assassino profissional. Manipulações são coisas muito raras. E o pastor Rômulo, como constatei, não se metia com questões de terra, com poderosos. […]

— Calma aí! – interveio Turíbio – O nosso trabalho com os venezuelanos incomodou muita gente. Recebemos turbilhões de críticas dizendo que, com os nossos serviços, estávamos incentivando a eles chamarem mais venezuelanos, para cá, seus familiares e amigos. E que a cidade já estava muito lotada deles, que não temos estrutura, que estamos adiantando apocalipse. […]” (Meteoro, p.33)

Com a escrita leve e bem detalhada, o autor viu a necessidade de narrar esses fatos importantes para a sociedade contemporânea em forma de história. Seu mais novo romance policial Meteoro é embasado por pesquisas aprofundadas sobre os índios e a crise que os refugiados sofrem em solo desconhecido.

Ficha Técnica
Título: Meteoro
Autor: Mauro Segarra
Número de páginas: 230
Formato: E-book – Kindle
Idioma: Português
ASIN: B07XF2T3ZC
Link de comprahttps://amzn.to/2tKsEO3

Sinopse: Em um quarto de uma hospedagem barata de Roraima, um pastor evangélico presidente de Congregação é encontrado morto, junto a uma refugiada venezuelana. Os resultados das investigações sobre o crime não satisfazem Turíbio, o filho do pastor, que vai atrás da verdade. Nesta busca, ele se depara com uma paixão devastadora e o flagelo venezuelano no coração da Amazônia.

 

Sobre o autor:

Mauro Segarra é paulistano, mas vive no Rio de Janeiro desde 2008. Apaixonado pela poesia, acabou por se formar em engenharia elétrica na USP e começou a trabalhar com a métrica do som. Atualmente é pesquisador em Acústica no Inmetro e amante da boa leitura de romances históricos e policiais. Em 2018, ficou entre os finalistas da modalidade “Poesia do concurso Segunda Maratona Literária“, promovido pela Editora Oito e Meia pelo site “Carreira Literária”.
É casado com Luciane Gomes Segarra. Não tem filhos.

Redes Sociais:
Facebook: mauro.segarra.7
Instagram: @mauro.segarra

Mauro Segarra está disponível para entrevistas pelo telefone (21) 98448-4939 e por e-mail mauro_s_paes@yahoo.com.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags: