IHGGI em fase de intensas atividades culturais e sociais

29/03/2017 13:02

IHGGI ANALISA O PRIMEIRO TRIMESTRE DO ANO

Ao findar o primeiro trimestre deste ano, o presidente do IHGGI – Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Itapetininga fez uma rápida ‘prestação de contas’ referente aos três primeiros meses deste ano de 2017, com reflexão sobre as muitas atividades do trimestre.

Segundo ele, “sem contar com as atividades ‘institucionais’ (reuniões e contatos) realizadas no mês de Janeiro, que foram representativas do Instituto junto à comunidade, entre elas a presença na reinauguração do Museu Ferroviário e do Museu Carlos Ayres, o primeiro mês do ano foi marcado por ter sido palco de preparo de ações que vieram a ser realizadas nos meses seguintes, como os Passeios Históricos, as Noites Lítero-Musicais e outros eventos”.

Fevereiro

Neste mês, o IHGGI teve atividades diversificadas e todas muito importantes, a começar pela própria AGO – Assembléia Geral Ordinária, realizada no primeiro dia do mês, e a cerimônia de posse da nova diretoria da AIL – Academia Itapetiningana de Letras,  realizada dia 2 no CCBEU – Centro Cultural Brasil-Estados Unidos (Casa Kennedy), recuperado recentemente com o apoio do IHGGI e de seus confrades e confreiras, principalmente do confrade Antonio de Andrade, que se tornou dirigente dessa entidade. No dia 11, o IHGGI esteve presente ao lançamento de livro em Sorocaba e dia 13 houve a reunião da Comissão que estuda a atualização do Estatuto e do Regimento Interno da Confraria. No dia houve o 5º Encontro Sócio-Cultural do IHGGI e várias reuniões preparatórias dos próximos eventos, assim como vários plantões na secretaria para levantamento do acervo e atualização cadastral dos membros.

Março

O terceiro mês do ano foi um mês ‘cheio’, ainda segundo informou à imprensa o presidente Helio Rubens: “Logo no dia primeiro dia do mês tivermos uma nova AGO e o IHGGI marcou presença física em solenidades diversas. No dia 7 realizou a primeira reunião do projeto ‘Movimento Jovem’, evento realizado em associação com o CRAS, órgão da Prefeitura Municipal dedicado à assistência a menores adolescentes moradoras na periferia da cidade. Dia 8 o IHGGI, através do confrade professor doutor Ivan Fortunato, promoveu uma 2a. palestra no CRAS, atitude repetida no dia 9, por ocasião da 3a. palestra. No mesmo dia o IHGGI promoveu uma importantíssima reunião com a comunidade itapetiningana visando criar meios para evitar novas destruições do patrimônio arquitetônico e histórico da cidade, reunião que contou com a presença do expert no assunto, professor Julio Ramos. Dia 11 houve a realização da 7a. Noite Lítero-Musical e dia 13 uma importante palestra sobre Genealogia pronunciada pelo confrade Afrânio Franco de Oliveira Mello. Dia 15 tivemos a 4a. palestra no CRAS e no dia 17 a realização do 1º Passeio Cultural com os adolescentes do CRAS. À noite desse mesmo dia, o Instituto realizou a 1ª Tertúlia Literária, dedicada à poesia, em conjunto com a AIL – Academia Itapetiningana de Letras. Dia 18, reunião com a Bela Vista Cultural, que pretende lançar um livro e um filme histórico sobre Itapetininga. Dia 22 houve a realização do 5º Encontro Sócio Cultural do IHGGI e no dia 24 o 2º Passeio com os jovens do CRAS. Na mesma data, à noite, houve a presença do IHGGI na cerimônia de entrega do prêmio João Kruguer pela AVLAH – Academia Votorantinense de Letras, Artes e História, nessa cidade. Dia 25, o evento foi a realização do 3º Passeio Histórico do IHGGI e no dia 29, haverá nova reunião com o professor responsável pelo projeto de preservação do patrimônio da Itapetininga. No próximo dia 31 está prevista a realização do 3º Passeio com os jovens do CRAS.

Para o presidente Helio Rubens de Arruda e Miranda, esse resumo das atividades desenvolvidas pelo IHGGI neste primeiro trimestre de 2017 serve para mostrar que o instituto está cumprindo com suas finalidades culturais e também com suas obrigações sociais diante da comunidade e que aumentará ainda mais a sua participação na sociedade itapetiningana se mais confrades e confreiras se dispuserem a participar mais ativamente. Para ele, “temos tido atividades nas áreas de Genealogia e História, mas estamos fracos em relação ao estudo da Geografia, razão pela qual o IHGGI está solicitando e disposto a ajudar aqueles que estiverem interessados em desenvolver o estudo dessa matéria. ”

 

Tags: