Grupo de Performance Histórica do Conservatório de Tatuí, dia 14 no Museu Paulo Setúbal

08/06/2017 00:09

MUSEU RECEBE APRESENTAÇÃO DO
GRUPO DE PERFORMANCE HISTÓRICA DO CONSERVATÓRIO

 

O Museu Histórico Paulo Setúbal, equipamento cultural da Secretaria de Cultura, Esporte, Turismo, Lazer e Juventude da Prefeitura de Tatuí, recebe na próxima quarta-feira, dia 14 de junho, às 19h30, a apresentação do Grupo de Performance Histórica do Conservatório de Tatuí, sob a coordenação de Selma Marino.

 

A apresentação está integrada a parceria feita no início de 2017 entre a Prefeitura Municipal de Tatuí e o Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos”. O objetivo é apresentar o trabalho artístico pedagógico realizado pela instituição musical em diversos equipamentos culturais, educacionais e sociais com foco na apresentação de seus agrupamentos.

 

O Grupo de Performance Histórica do Conservatório de Tatuí iniciou suas atividades no ano de 2009 e tem por objetivo a interpretação e a divulgação do repertório dos séculos XVI ao XVIII. É formado por professores e alunos bolsistas de nível avançado e conta também com a participação de músicos convidados, conforme o programa a ser apresentado. Dentre seus objetivos está o de resgatar e transmitir não apenas a música, mas a própria visão de mundo do Renascimento e do Barroco. Para tal, o Grupo de Performance Histórica busca a maneira mais aproximada ao ideal sonoro da época e utiliza, em suas apresentações, réplicas dos instrumentos utilizados naqueles períodos.

 

Selma Marino – Iniciou seus estudos musicais em São Paulo, estudou flauta doce com as professoras Cléa Galhano na Pró-Música – Escola de Arte e com Terezinha Saghaard, na Escola Municipal de Música.      Formada em flauta doce pelo Conservatório de Tatuí, no qual estudou com os professores Bernardo Toledo Piza e William Takahashi, completou sua formação recebendo a orientação dos flautistas: Ricardo Kanji, Bernardo Toledo Piza, David Castelo e Valéria Bittar.

 

Participou do curso de Cravo, Baixo Contínuo e Música de Câmara, ministrado por Ilton Wjuniski (FR) na Fundação Magda Tagliaferro, em São Paulo; do workshop de Dança Barroca ministrado por Ricardo Barros (BR/UK) no Conservatório de Tatuí e do XXIV Festival de Música de Londrina (PR), frequentando cursos de Flauta Doce e Prática de Música Medieval e Renascentista com o professor Pedro Hasselmann Novaes e Oficina de Ópera Barroca, ministrada por Marília Vargas (BR/CH). Estudou Cravo e Baixo Contínuo no Conservatório de Tatuí com a professora Maria Eugênia Sacco.

 

Atualmente, Selma participa de encontros, mostras e eventos de flauta doce. É licenciada em Educação Artística e pós-graduada em nível de especialização em Metodologia do Ensino da Música. Atualmente está cursando especialização em Música de Câmara. É flautista e coordenadora do Grupo de Performance Histórica, professora de Flauta Doce, Música de Câmara e Prática de Música em Conjunto, no Conservatório de Tatuí, e tutora presencial do curso de Educação Musical – EAD da UFSCar.

 

Foto: Coordenação é da professora Selma Marino.

Tags: