Genealogia: Afrânio Mello fornece informações sobre as famílias Bártolo e Preto

13/10/2020 15:02

Afrânio Franco de Oliveira Mello
Eleito em 2017/8 como um dos Melhores do Ano do Jornal Cultural ROL na categoria Melhor Genealogista e em
2018 nas categorias Melhor Escritor e Melhor colunista de Jornal Virtual e na categoria Melhor como Melhor do Ano pela editoria do Internet Jornal

Afrânio Mello fornece informações sobre as famílias BÁRTOLO e PRETO

ATENDIMENTOS NÚMEROS 1.292 E 1.293

Prezado amigo, Diamantino, boa tarde.

Chamo-o de amigo pois se é amigo do Sérgio é meu também e, com um enorme prazer.

Atendendo sua solicitação envio o arquivo que encontrei do seu sobrenome BÁRTOLO, italiano,

que extraí de um livro , da Itália, sobre sobrenomes.

O seu vem do Bartolomeu e tem uma gama imensa de variações do mesmo.

Estou enviando o arquivo em italiano pois ele está como foto em jpeg.

Não consegui mudar para o Word e quando o fiz ele vem como se fosse foto.

Para eu traduzir tem que ser digitado e, se o fizer, me envie que traduzo.

Encaminho também o de sua esposa, o PRETO, que também é  de diversas variações o sobrenome.

BÁRTOLO/BARTOLI…………………… 1 página em italiano, arquivo em PDF de foto e 6 brasões que podem virar belas fotos .

PRETO/PRETTI/PRETE……………….. 4 páginas e 1 brasão. São da entrada desse sobrenome no Brasil. Não tenho as referências de Portugal.

                                                                       Como é do histórico do sobrenome a origem é a mesma.

 

Resumo abaixo e o arquivo principal no seu endereço de e-mail.

Pretti, sobrenome de origem italiana; é uma variação regional de Preti, o qual é a forma plural de Prete. Prete vem do grego presbyteros  ( mais velho, ancião ) através do latim presbyter ( padre ), no latim medieval se altera para praebyter, do qual surgem variadas formas de designar o sacerdote católico, como, prevete, prevede, previte, preve, preto, pretto e prete. O sobrenome relembra que o fundador deste tronco familiar era um padre ou um filho dum padre, ou ainda um auxiliar dum padre que poderia ser tão praticante que se assemelhasse ao mesmo.

A maior concentração desta família está na região de Piemonte e Calábria. No final do século XIX muitos membros desta família imigraram para o Brasil, sobretudo nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo.

Os primeiros membros da família Pretti no Estado do Espírito Santo

Numa das viagens de 1876, chegou ao Espírito Santo um casal que se tornaria o tronco de uma família considerada a mais numerosa de descendentes de Italianos no Estado, e notável pelo elevado número de elementos atuantes na política, na lavoura, no comércio, nas Indústrias e nas profissões liberais: Luiz Prettii e Filomena Talianini Pretti, naturais de Modena, como tantos outros que para aqui vieram na mesma viagem.

Traziam seus cinco filhos: José, Irmo, Vitória, Jerônimo e Rosa. No Espírito Santo, nasceram Henrique e Drasto.

Seguiram o destino dos seus patrícios, Igualmente imigrantes daquele tempo: subiram o Rio Santa Maria da Vitória, em canoas, até Santa Leopoldina, Daí, partiram para Santa Teresa, a pé, através da mata fechada, em estrada primitiva feita a machado e foice, por aqueles que os precederam.

Enquanto esperava receber o lote que lhe seria destinado, Luiz Prettii trabalhou na abertura de estradas, com a diária de ,um cruzado. Recebida a porção de terra, em que punha suas esperanças de futuro independente, nosso Imigrante, ajudado pelos filhos maiores, plantou café e cereais. Prosperou, os filhos foram crescendo e, à medida que o auxiliavam no trabalho, recebiam a educação que os italianos se esmeram em dar aos seus descendentes. Educação e instrução, apesar das dificuldades do tempo. Mas, em Santa Teresa, muito valia o Colégio dos religiosos Capuccinos.

Com o progressivo resultado do seu trabalho, Luis Pretti abriu pequena casa comercial e comprou dez burros de carga, para fretes. Tal providência foi lucrativa e animou-o à compra de mais vinte burros, que formaram a tropa entregue aos filhos, que trabalhavam, a exemplo do seu genitor.

 

 

Espero que goste.

Abraços

Afrânio Franco de Oliveira Mello
afranio@tintaspig.com.br

Observação:
Estas informações estão sendo fornecidas gratuitamente e serão publicadas na edição virtual do Jornal Cultural
ROL – (www.jornalrol.com.br). A não concordância com esta publicação deve ser informada imediatamente.
Gratos”

 

 

Tags: