Genealogia: Afrânio Mello fornece informações sobre a família Barreira

03/06/2020 15:19

Afrânio Franco de Oliveira Mello
Eleito em 2017/8 como um dos Melhores do Ano do Jornal Cultural ROL na categoria Melhor Genealogista e em
2018 nas categorias Melhor Escritor e Melhor colunista de Jornal Virtual

Afrânio Mello fornece informações sobre a família BARREIRA

ATENDIMENTO NÚMERO 1.228

Prezado Dr. Ciro, boa tarde.
Atendendo sua solicitação, com muita satisfação, encaminho o arquivo do sobrenome BARREIRA
com um acréscimo das pesquisas feitas na Internet.
BARREIRA……………… 12 páginas com 2 brasões e, esses dois em separado, para que possa fazer dois quadros e
                                    pendurá-los em sua sala, escritório.
No seu endereço de e-mail segue o arquivo completo e , abaixo, um resumo que vai atender os leitores do
Jornal ROL-Região On Line.
Caso não deseje essa publicação aguardamos sua manifestação.
Em todos estes anos em que atendo pedidos do Brasil e do exterior, este é o primeiro atendimento ao sobrenome
BARREIRA  e isso me deixa bastante contente que seja o do meu amigo especial.
Homem que trabalha e se relaciona com todos como se todos fossem seus IRMÃOS.
Abraços
Afrânio Franco de Oliveira Mello
afranio@tintaspig.com.br
Observação:
“Estas informações estão sendo fornecidas gratuitamente
e serão publicadas na edição virtual do Jornal Cultural
ROL – (www.jornalrol.com.br).
A não concordância com esta publicação deve ser informada imediatamente.
Gratos”
  

Barreira, Antiga família galega, oriunda de Portugal, que posteriormente passou à Espanha. Vários de seus membros provaram sua nobreza servindo na Real Chancelaria de Valladolid. O presente brasão de armas, concedido pelo Rei de Espanha, significa que o seu possuidor deveria servir ao seu soberano socorrendo aos oprimidos injustamente e também cultivando as belas letras.

ONOMÁSTICA
Etimología.– De barro: lugar onde se quita o barro, barral, barreiro.
Lugares.- Encontramos em  todas as freguesias de Carballo (Carbalho), Lestón e Vilacho (Laracha), Oleiros, Calvante (Oroso), Sabardes (Outes), Posmarcos (Caramiñal), Somozas (A Coruña), Pantín (Valdoviño), Torres (Vilarmaior), Vilar de Cuiña (A Fonsagrada), Lodoso (Monterroso), Viveiro (Muras), Anlló (Sober), Negradas (O Vicedo), Carballido (Vilalba), Milmanda (Celanova), Mudelos (Carballiño), Olás de Vilariño (A Merca), Arbo (Arbo), Cristimil e Xaxán (Lalín), Samarugo (Vilalba), Erboedo (Laracha). Outros accidentes geográficos e fortalezas em: Muxia, Arzua, Cospeito e Outeiro de Rei.
Distribuição.
Província da Coruña: 45 famílias destacam as comarcas de Bergantiños, Coruña e Soneira.
Província de Lugo: 113 famílias, as maiores nas comarcas das Mariñas Central e Oriental.
Província de Ourense: 117 famílias, mais freqüentes nas comarcas Verin, Viana e Valdeorras.
Província de Pontevedra: 70 famílias, muito espalhadas pelo termo provincial ainda que destacaria as comarcas de Caldas e Deza.
Em Portugal: Muito espalhadas por todo o País.

GENEALOGIA
Mesmo  que La Barrera o La Barreira de La Devesa y López de la Barrera de Betanzos, por Gabriel J. Méndez.

Resultado da pesquisa na Internet

O nome Barreira é de origem Português e significa aproximadamente – Com aproximação – pelo ano de 1680, o português Custódio de Brito, que reside já há algum tempo no Brasil, viu a jovem Índia Piaba de Cunhau, filha do Cacique da Aldeia de Natal e da sua mulher Rita da Estrela, e dela enamorou-se. Como ela mostrou-se recatada e esquiva, Custódio de Brito recorreu a um frade missionário que catequizou o chefe índio, o qual se batizou com o nome de Estevão Barbosa, e conseguiu o seu casamento com a formosa Piaba de Cunhau que, pelo batizado e o matrimônio, passou a chamar-se Francisca Barbosa Custódio. Da referida união houve, apenas, uma filha que tomou o nome de Antônia Rita de Brito Barbosa e casou-se com o português Lourenço de Sá e Souza. O casal criou três filhos, sendo, a última uma menina que recebeu o nome de Maria Joana de Sá Barbosa e se casou com Filipe Santiago da Silva, natural de Braga, em Portugal. Foram residir em Aquirás, onde criaram quatro filhos. A essa época o comerciante português Baltasar Lopes Barreira, natural de Bragança, freduesia de Chaves, filho de José Lopes de Andrade e Ana de Assis Barreira. Depois de haver negociado em Minas Gerais, Bahia, Sergipe e Pernambuco, aportou em Santa Cruz do Aracati (antes São José do Porto dos Barcos, atualmente Aracati), na foz do rio Jaguaribe, atraído pela informação que tivera da fama dos sertões do Ceará, para criar. Estabeleceu-se na ribeira do rio Pirangi, onde fundou a grande e, depois, famosa fazenda Quixinxé. Encontrando-se Baltasar com seu conterrâneo Filipe Santiago da Silva, travou-se entre eles boa camaradagem, através da qual veio a conhecer sua filha caçula, Antônia da Silva e Sá Barbosa, uma moça branca e fina, sem nenhumtraço da sua bisavó índia, com quem se casou, em Santa Cruz do Aracati, no dia 16 de abril de 1733.

Barreira é um nome Português de gênero Feminino

 

 

 

 

 

 

Tags: