Genealogia: Afrânio Mello atende gratuitamente solicitações de leitores. Nesta edição, sobre a família SIMAS

12/07/2016 11:24

Afrânio Franco de Oliveira Mello – ATENDIMENTO NÚMERO 755

 

Prezada Silvane Simas, boa tarde.

Envio arquivo com 4 páginas e brasão e mais um arquivo de rasão em separado para você fazer um quadro

e afixar em sua parede pois fica muito bonito.

Veja que tem Visconde e Conde com o sobrenome SIMAS.

Espero que lhe sirva.

Grande abraço

Afrânio Franco de Oliveira Mello
IHGGI / ROL – Região On Line

 

clip_image002Simas

sobrenome de origem portuguesa. O berço principal da família são as ilhas dos Açores.

Registra-se Manoel Simas, nascido em 07/1833, Desterro (atual Florianópolis), Santa Catarina, Brasil; filho de José Ignácio de Simas, nascido em 1810, Ilha do Pico, Açores e Felicidade Rodrigues Pereira, nascida em 21.11.1814, Desterro, Brasil; neto materno de Paulo Rodrigues Pereira, nascido em 1777 e Mariana M. Ferraz da Silveira, nascida em 1776.

Registra-se Manoel Francisco de Simas, nascido em 1830, Saião, Faial, Açores e falecido em 1890; casou-se em 27.01.1853 com Rosana Perétua de Jesus Bolção, nascida em 1835 e falecida em 1913; filho de Francisco José de Simas, nascido em 1799, Saião, Faial, Açores e Theresa Francisca de Simas, nascida em 1802, Saião, Faial, Açores. Tiveram os seguintes filhos: Maria Simas, nascida em 27.04.1853 e falecida em 1923; Josefina Simas, nascida em 31.08.1854; Rosa Perpétua Simas, nascida em 1855; Maria da Glória Simas, nascida em 1857; Luiza Simas, nascida em 1858; José Francisco de Simas, nascido em 1859 e falecido em 1870; Senhorinha Sara do Carmo de Jesus Simas, nascida em 12.02.1861 e falecida em 1940; Rosalinda de Simas, nascida em 03.11.1862 e falecida em 29.09.1949; Manoel de Simas, nascido em 1864 e falecido em 25.01.1869 e Filomena de Simas, nascida em 1865.

Registra-se Josefina Simas, nascida em 31.08.1854, Ribeirinha, Faial, Açores; filha de Manoel Francisco de Simas e Rosana Perpétua de Jesus Bolção; neta materna de José da Rosa Bolção, nascido em 1804 e falecido em 29.12.1859 e Catarina Rosa Furtado, nascida em 28.11.1805 e falecida em 18.06.1882.

Registra-se Francisco José de Simas, nascido em 1799, Saião, Faial, Açores; casou-se em 1825 com Theresa Francsica de Simas, nascida em 1802. Tiveram os seguintes filhos: José Francisco de Simas, nascida em 1823 e falecida em 07.03.1858 eManoel Francisco de Simas, nascico em 1830.

Registra-se Bento José Furtado Simas, nascido em 22.10.1855, São Mateus, Pico, Açores e falecido em 15.02.1930; casou-se com Filomena da Glória Simas em 18.06.1885, ela nascida em 10.06.1853; filho de Eduardo Antônio Simas e Rosalina Augusta Muniz. Tiveram os seguintes filhos: Manuel Furtado Simas, nascido em 03.10.1885 e falecido em 21.12.1980; Isaura da Glória Simas, nascida em 03.12.1887 e falecida em 26.03.1921; Julio Furtado Simas, nascido em 28.10.1888; Bento Simas (irmão gêmeo de Julio), nasceu em 28.10.1888 e faleceu no mesmo dia; Agostinho Furtado Simas, nascido em 22.02.1891 e falecido em 06.02.1979; Leunel Furtado Simas, nascido em 1893; Alzira da Glória Simas, nascida em 1895 e Adelaide da Glória Simas, nascida em 1897.

 

Registra-se Antônio Jacinto de Simas, nascido em 19.09.1727, São Roque, Ilha do Pico, Açores e falecido em 10.06.1795; casou-se com Bárbara Ferreira de Melo em 22.03.1763, ela nascida por volta de 1740 e falecida em 1795; filho do Capitão José de Simas Pereira, nascido por volta de 1698 e Margarida do Espírito Santo. Tiveram uma filha Isabel Rita Feliciana de Melo, nascida por volta de 1765.

 

clip_image004Registra-se José Augusto de Simas Machado (Braga, 25 de Julho de 1859 –  Coimbra, 17 de Março de 1927) foi um general e político português, deputado à Assembléia Constituinte de 1911 e presidente da Câmara de Deputados em 1913. Comandante da 2.ª Divisão do Corpo Expedicionário Português. Terminou a carreira como Comandante da Divisão Militar de Lisboa durante a Revolução Nacional de 28 de Maio de 1926.

Nasceu em Braga a 25 de Julho de 1859, filho de António de Simas Machado e Teresa de Jesus Ferreira Simas, originários da ilha do Pico, Açores. Fez os estudos preparatórios no Liceu de Braga. Assentou praça em 1875, seguindo o curso da arma de infantaria na Escola do Exército. Foi promovido a alferes em 1881, a tenente em 1886, a capitão em 1895, a major em 1906, a tenente-coronel em Novembro de 1910 e a general em 1917.

Casou em 1882 com Maria da Glória Motta, sendo o casamento apadrinhado por Camilo Castelo Branco e Ana Plácido, grandes amigos da família.

Foi professor da Classe de Sargentos, Comandante da Casa de Reclusão da 3.ª Divisão Militar e professor do ensino livre na cidade do Porto, leccionando Matemática e História. Foi redactor do jornal Diário da Tarde, comandante do Batalhão de Caçadores n.º 5, com quem combateu a primeira incursão pró-monárquica comandada por Paiva Couceiro.

Foi eleito deputado à Assembleia Constituinte de 1911, pelo círculo eleitoral de Barcelos. Em Janeiro de 1913 foi eleito Presidente da Câmara de Deputados, em substituição de Vítor Macedo Pinto.

Acompanhou António José de Almeida no Partido Republicano Evolucionista, sendo eleito deputado em 1915 e 1918. Rompeu com o Partido Evolucionista e juntou-se à União Nacional Republicana de António Egas Moniz.

 

Registra-se Madalena de Simas, nascida em 03.09.1662, São Roque, Ilha do Pico, Açores; casou-se com Sebastião Ferreira Pimentel em 09.01.1678, ele nascido em 18.04.1655; filha de Manuel de Simas de Oliveira, nascido por volta de 1640 e Leonor Quaresma. Tiveram um filho: Francisco de Simas, nascido em 08.02.1693 e falecido em 26.01.1769.

 

Registra-se Manoel Furtado de Simas, nascido em 1699, Divino Espírito Santo, Maia, Açores; casou-se com Vitória Francisca de Souza em 12.12.1729, elas nascida em 1705; filho de Manoel Furtado de Simas, nascido por volta de 1660, Divino Espírito Santo, Maia, Açores e falecido em 01.10.1729 e Clara Borges, nascida em 1666, Divino Espírito Santo, Maia, Açores e falecida em 15.07.1729. Tiveram os filhos: Maria Clara de Simas Lima, nascida em 1734 e falecida em 02.05.1792 e Manoel da Costa Simas, nascido em 1740.

 

Condes de Simas

clip_image006Manuel de Simas (Santa Cruz da Graciosa, 22 de Dezembro de 1827 — Santa Cruz da Graciosa, 12 de Outubro de 1906) foi o primeiro e único conde de Simas, título criado por decreto de 14 de Novembro de 1901, de D. Carlos I de Portugal. Foi um dos maiores terratenentes da ilha Graciosa. Viveu alguns anos no Arquipélago de São Tomé e Príncipe onde fez uma grande fortuna. Recebeu o título de Comendador da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa por decreto de 13 de Março de 1873. Foi filho de Manuel da Cunha Simas e de Francisca Clara de Bettencourt. Casou com Isabel Maria Forjaz da Silveira Brum, de quem não teve filhos, daí não ter havido a continuidade do título apesar de D. Isabel Maria ter voltado a casar, desta feita com Francisco de Paula de Barcelos Machado de Bettencourt, também natural da ilha Graciosa e filho de Diogo de Barcelos Machado de Bettencourt.

Foi o líder do Partido Regenerador na Graciosa.

Sem descendentes, legou à Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, de que o seu sobrinho por afinidade Francisco de Mendonça Pacheco de Melo foi presidente (1893-1899), o palacete onde actualmente aquela entidade se encontra instalada. Em reconhecimento, a edilidade atribuiu o seu nome ao largo fronteiro.

 

clip_image008A Casa do Conde de Simas (foto) é ainda hoje, uma das muitas casas senhoriais existentes na Zona Classificada, um bom exemplo da sobriedade e equilíbrio da arquitectura da vila de Santa Cruz da Graciosa. Este edifício é usado desde 21 de Fevereiro de 1940, como paços do concelho e nas suas principais salas podem ser vistos retratos do Conde e da Condessa de Simas.

Manuel Simas, ou Conde de Simas foi um rico comerciante, político e benemérito local.

Um Graciosense notável que a Rádio Graciosa homenageia e recorda.

 

 

 

Viscondes de Maiorca

 

Criação

Título criado por

  1. Maria II, rainha de Portugal

por decreto de 05-10-1846

a favor de
Fernando Eduardo Vasques da Cunha Sá Pessoa Vahia Moniz de
Melo e Simas –  1º visconde de Maiorca
* 1808

Paço do Visconde de Maiorca

clip_image010

 

 

From: Silvane Simas

Sent: Thursday, July 07, 2016 7:25 PM

To: afranio@tintaspig.com.br

Subject: Origem sobrenome Simas

Tags: