Fábio Ávila: 15 de Novembro. A Comemoração da Inconsistente, Confusa e Frágil República Brasileira

12/08/2018 22:11

Fábio Ávila: 15 de Novembro. A Comemoração da Inconsistente, Confusa e Frágil República Brasileira

–  Traindo o seu amigo Imperador, Marechal Deodoro da Fonseca capitaneou um poderoso e desconexo movimento que levou o Brasil a tornar-se uma República Federativa, sem preparo, sem planejamento prévio ou Projeto de Nação que permitisse ao País desenhar os caminhos de sua futura trajetória.

 

– Porém, homens brilhantes (oriundos do Século 19 ou do início do Século 20) marcaram suas presenças ao nos deixar o seu legado (para o bem  ou para o mal) e dessa forma questionamos o resultado do desconexo e imaturo sistema político vigente no País nesta segunda década do século 21.

– Posso complementar? Em 1882 nasceu o gaúcho Getúlio Vargas ; ele tinha apenas sete anos quando foi proclamada a República e tornou-se , anos depois,  o “Pai da Nação”  no Estado  Novo em regime de ditadura civil. Extremamente polêmico e auto-centrado, este mandatário  deu cabo à própria vida no dia 24 de agosto de 1954. Nos anos 40,no auge da era getulina, o Brasil tinha um pouco mais de 41 milhões de habitantes. 68% dos brasileiros viviam no campo e o índice de analfabetismo era de 56,1%.

– Deixe-me citar outro importante personagem que foi o “Soberano Culto”, o Mestre da Estabilidade do Regime Monárquico por 58 anos. Dom Pedro II faleceu em Paris no dia 5 de dezembro de 1891. Cerca de 200 mil pessoas foram homenageá-lo (quando da sua despedida da  efêmera vida terrestre) na Igreja La Madeleine, em solo parisiense.

A recém nascida República dos Estados Unidos do Brasil foi deselegante ao minimizar a importância do evento ocorrido naquela data.O Imperador faleceu dois anos após ser covardemente posto para fora do País pelos “chegantes” republicanos.

– No estado nordestino de Pernambuco,em 19 de agosto de 1849, no Século 19, surge o grande Joaquim Nabuco que seria posteriormente jornalista, diplomata e um dos mais valentes e atuantes abolicionistas responsáveis pelo fim da escravatura no Brasil.

“A historia de escravidão africana na América é um abismo de degradação e miséria que não se pode sondar”, declarou o humanista que também era defensor do direito dos indígenas. O Embaixador faleceu no dia  17 de janeiro de 1910 e foi um dos responsáveis  pela evolução do Regime Republicano em sua fase inicial de consolidação política.

– Seres Raros, diria eu.“Morte, Melancolia e Traição”  foram os temas que fizeram  com que o jovem filho de escravo negro e de mãe branca, pobre e açoriana, se tornasse um dos maiores autores de todos os tempos  na história da humanidade. Extremamente tímido,epiléptico e auto-ditada,Machado de Assis  foi e ainda é outro Soberano,o do Mundo Literário  Brasileiro. Muito colaborou para registrar o comportamento dos compatriotas quando do evento da proclamação da República. Os gêmeos personagens de seu romance “Isaú e Jacó” nos permitem compreender a atmosfera de excitação e de frustração pelas antigas ruas do Rio de Janeiro pois um dos irmãos era Monarquista e o outro… O outro?: Republicano!!!! Machado de Assis faleceu no dia 29 de setembro de 1908.

– Na cidade interiorana  paulista de Taubaté nasceu,em 18 de abril de 1882, um dos mais poderosos nomes que retrata aspectos peculiares dos brasileiros e que foi extremamente critico quando percebeu o engodo que era a pretensa modernidade da Semana de Arte em 1922.

Cheiros,cores e sabores eram as manifestações em suas obras literárias que nos levam a descobrir e apreciar o Brasil de antanho,o Brasil que não existe mais. É importante salientar que em 1920 (período fértil da produção literária de Monteiro Lobato), o Brasil contava com pouco mais de 30 milhões de pessoas em seu vasto território .84% da população vivia na zona rural e a taxa de analfabetismo era de 65%. Monteiro Lobato faleceu no dia 4 de julho de 1948

– No início da século passado, nasceu em Minas Gerais um jovem de origem humilde (cuja mãe era empregada doméstica) e que se tornaria um dos ícones da falsa modernização do Brasil.Este indivíduo,nascido em 12 de setembro de 1902, propôs um projeto que criou a mais absurda das propostas existentes para o País no século 20 .Criou-se uma Capital Federal artificial ,cujos mentores já eram amigos do Poder e faziam parte do conluio com a cúpula da então Presidência da Republica.A antiga Capital Imperial ,Rio de Janeiro,foi deixada à própria sorte e este impostor presidente destruiu o sistema ferroviário brasileiro para satisfazer a ganância de montadoras de automóveis que encontraram o universo oportuno para usufruir dos benesses oferecidos por um regime bastardo e comandado por um oportunista .“ 50 anos em cinco ” foi o seu maldito maldito slogan!!!

Em 1958 esse tresloucado  resolve  iniciar a “bestialização” de seu povo ao trazerem para o Brasil a  Copa do Mundo pois ,dessa forma,estaria impondo o caminho ideal para “embrutecer” os seus compatriotas. Juscelino Kubitscheck de Oliveira faleceu, ironicamente, em um desastre rodoviário no dia 22 de agosto de 1976.

 

– Em 15 de novembro de 2017 o Brasil encontrava-se atolado na lama do maior fenômeno de corrupção conhecido no planeta Terra. Gangsters, Malditos Políticos, se apoderam do controle da Nação em todos os níveis : Municipal, Estadual  e ou Federal.  Eram cerca de 200 milhões de brasileiros incultos, semi analfabetos, vorazes consumistas  de bens materiais e totalmente acéfalos pelo fenômeno do embrutecimento generalizado pelo esporte futebol,que se deixam enganar maldosamente.

– O Pais  está ruindo, desmoronando e se desestruturando meu amigo! Estamos em agosto de 2018 e …

 

 

Tags: