Estão abertas as inscrições do 1º Concurso de Poesia Junina 2018

11/06/2018 10:11

O 1º Concurso de Poesia Junina 2018, sob a coordenação de Eliseu F. Campos, é uma homenagem às festas com cheiro de terra!

As inscrições se encerrarão no dia 26 de junho

 

As festas juninas têm origem nos rituais dos antigos povos germânicos e romanos, que habitavam as regiões campestres, como forma de prestar homenagens a diversos deuses aos quais eram atribuídas as funções de garantir boas plantações, boas colheitas, fertilidade etc. Os ritos, eminentemente festivos, eram executados durante a passagem do inverno para o verão que, no centro-sul da Europa, acontece no mês de junho.

Esses rituais se se caracterizavam com fogueiras e de balões (semelhantes aos que hoje são feitos com papel de seda), danças e cânticos. Na passagem da Idade Antiga para a Idade Média, com a cristianização dos romanos e dos povos bárbaros, essas festividades foram assimiladas pela Igreja Católica, que, como principal instituição do período medieval, soube também diluir o culto aos deuses pagãos do período junino e substituí-los pelos santos.

Com a colonização do Brasil pelos portugueses a partir do século XVI, as festividades juninas aqui foram se estabelecendo, sem maiores dificuldades, e ganhando um feitio próprio.

As comemorações das festas juninas no Brasil, além de manterem as características herdadas da Europa, como a celebração dos dias dos santos, também mesclaram elementos típicos do interior do país e de tradições sertanejas, forjadas pela mescla das culturas africana, indígena e europeia. Sendo assim, as comidas típicas (como a pamonha), as danças, o uso de instrumentos musicais (como a viola caipira) nas festas etc., tudo isso reflete milênios de tradições diversas que se fundiram. (Brasil Escola. https://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/festa-junina.htm>. Acesso em: 11 jun.2018)

Conheça abaixo o Regulamento do concurso:

 

1º CONCURSO DE POESIA JUNINA 2018

 TEMA: “BOLO DE MILHO”.

REGULAMENTO

INSCRIÇÕES:

De 10/06/2018 a  25/06/2018

 PÚBLICO ALVO:

Escritores, poetas, estudantes e interessados, a partir de 16 anos de idade.

DA POESIA:

O participante deverá concorrer com uma única poesia, com o tema “Bolo de Milho”, que deverá ser inédita, digitada no máximo em 02 (duas) laudas, com fonte Times New Roman ou Arial, tamanho 12,  e identificada por pseudônimo.

 ENVIO:

A poesia deverá ser enviada, em dois anexos, até o dia 25 de junho, para:  Coordenação do 1º Concurso de Poesia Junina, pelo e-mail: ferreira0473@hotmail.com

No primeiro anexo, deverá conter apenas a poesia, com o título e o pseudônimo.

No segundo anexo, os dados do concorrente: nome completo, RG, endereço completo, nome da poesia e pseudônimo.

COMISSÃO JULGADORA:

O concurso, sob a Coordenação de Eliseu F. Campos, tem a Comissão Julgadora constituída por: Armando Oliveira Lima (presidente do Instituto Darcy Ribeiro), Sergio Diniz da Costa (escritor, poeta, membro da Academia Sorocabana de Letras e editor do jornal cultural ROL – REGIÃO ON LINE) e Aparecido Gonçalves Viana (presidente do grupo Coesão Poética de Sorocaba)

CRITÉRIOS DO JULGAMENTO:

Será observada, além da criatividade, a correção gramatical, podendo a poesia ser vertida em versos livres (sem obediência à métrica ou ao ritmo) ou versos brancos (sem rimas).

A decisão da comissão julgadora é irrecorrível.

PREMIAÇÃO:

O vencedor(a) receberá um Certificado mais um presente surpresa.

 DIVULGAÇÃO DO RESULTADO:

A proclamação do vencedor(a) será divulgada dia 29 de junho, pelo jornal cultural ROL – REGIÃO ON LINE (www.jornalrol.com.br), bem como por postagem no Facebook.

DISPOSIÇÕES FINAIS:

É vetada a participação de qualquer pessoa com parentesco com os jurados ou o organizador do concurso

A participação no concurso implica a aceitação na íntegra deste regulamento.

 

 

Tags: