Escritor mexicano reúne diferentes emoções no lançamento de ‘O Caderno dos Pesadelos’

27/11/2021 01:59

O caderno dos pesadelos, do autor Ricardo Chávez Castañeda, evidencia medos – comuns ou não – da infância e que nessa obra são permeados por detalhadas ilustrações do artista Israel Barrón

Quinze pesadelos aterrorizantes. Histórias que não precisam de papel nem de palavras para existir, pois nascem em nós quando fechamos os olhos.  Uma coisa é certa: não se recomenda sua leitura à noite, na cama, antes de dormir. Genial, O caderno dos pesadelos é uma obra que fica reverberando na mente do leitor, que consegue ser, ao mesmo tempo, aterrorizante e bela.” – André Caramuru Aubert, tradutor da obra.

O caderno dos pesadelos, do autor Ricardo Chávez Castañeda, evidencia medos – comuns ou não – da infância e que nessa obra são permeados por detalhadas ilustrações do artista Israel Barrón.

Com tradução de André Caramuru Aubert, O caderno dos pesadelos consegue ser simultaneamente assustador, sugestivo e belo, com histórias no formato de contos que, com certeza, vão mexer com as emoções do leitor.

SOBRE O AUTOR

Ricardo Chávez Castañeda é escritor mexicano. Ele estudou psicologia na Universidade Nacional Autônoma do México. Seus principais temas oscilam em torno da adolescência, da linguagem e da fantasia, com uma voz pessoal e que se destaca na cena literária contemporânea em espanhol.

SOBRE O ILUSTRADOR

Israel Barrón é artista plástico e ilustrador mexicano de livros infantis. Seu trabalho foi exibido em exposições pessoais em várias cidades do México como Xalapa, Puerto de Veracruz Pachuca e Tuxtla Gutiérrez e, no exterior, em Victoriaville e Québec (Canadá) e em Yokohama (Japão). Participou de mais de cinquenta exposições coletivas. Seu trabalho como ilustrador inclui pôsteres, livros, revistas, suplementos culturais e edições eletrônicas. Ele fez ilustrações para editoras de prestígio no México, Colômbia e Itália. Também desenhou cenários e capas de álbuns ilustrados. Recebeu o Prêmio CANIEM (Câmara Nacional da Indústria Editorial Mexicana) de Arte Editorial em 2012 e 2015, com livros dos quais participou como ilustrador. Em 2017 foi o vencedor da Placa de Ouro na Bienal de Ilustração de Bratislava.

SOBRE O TRADUTOR

André Caramuru Aubert é bacharel e mestre em história pela Universidade de São Paulo (USP). Publicou sete livros, entre eles o romance Poesia chinesa, pela SESI-SP Editora. Traduziu diversas obras, entre elas: Areias movediças, de Octavio Paz, e O caderno dos pesadelos, de Ricardo Chávez Castañeda, ambas pela SESI-SP Editora. Atualmente, trabalha na revisão final de seu novo romance. É colaborador dos jornais O Estado de S.Paulo e do Rascunho.

SOBRE A SESI-SP EDITORA

A SESI-SP Editora tem como ação principal organizar conhecimento nas áreas de cultura, educação, esporte, nutrição e saúde, cumprindo sua missão de apoiar a Entidade em seus mais diversos campos de atuação. Com mais de mil títulos em seu catálogo, em diferentes formatos (e-booksaudiobooks e impressos), tornou-se referência na edição de livros educacionais, infantojuvenis, de alimentação, de HQs nacionais e europeias, e de obras de interesse geral. Saiba mais em: www.sesispeditora.com.br.

Título: O caderno dos pesadelos

Autor: Ricardo Chávez Castañeda

Ilustrador: Israel Barrón

Tradutor: André Caramuru Aubert

Editora: SESI-SP Editora

Páginas: 76

Ano: 2021 – Lançamento

Formato: 17 x 23 cm

Acabamento: capa dura

Para conhecer os livros da SESI-SP Editora, visite o site: www.sesispeditora.com.br e as redes sociais @sesispeditora (Instagram e Twitter) @editorasesisp (Facebook).

 

Tags: