Equipes da “Coronel”, de Porto Feliz, superam expectativas na 9.ª Olimpíada Nacional de História do Brasil, promovida pela Unicamp

31/05/2017 05:33

As equipes da Escola Municipal ‘Coronel Esmédio’, de Porto Feliz (SP), participantes da 9.ª Olimpíada Nacional em História do Brasil, promovida pela UNICAMP, superaram as expectativas e 9 delas seguem para a 4.ª Fase.

 

As equipes da Escola Municipal ‘Coronel Esmédio’, de Porto Feliz (SP), participantes da 9.ª Olimpíada Nacional em História do Brasil, promovida pela UNICAMP, superaram as expectativas e 9 delas seguem para a 4ª Fase.

De acordo com a organização da ONHB, apenas 60% das equipes inicialmente inscritas seguem para a Fase 4. Da 3.ª para a 4.ª Fase foram eliminadas um total de 332 equipes. Ainda de acordo com a organização da Olimpíada, na primeira fase, serão aprovados no mínimo 90% dos participantes (eliminados 10% dos participantes da fase); na segunda fase, serão aprovados no mínimo 70% dos participantes (eliminados 30% dos participantes da fase); na terceira fase, serão aprovados no mínimo 60% dos participantes (eliminados 40% dos participantes da fase); na quarta fase, serão aprovados no mínimo 40% dos participantes (eliminados 60% dos participantes da fase). Isso significa que das mais de 12 mil equipes inscritas, apenas 7321 continuam na disputa.

A EMEF. Coronel Esmédio teve 11 equipes inscritas na Olimpíada de História com alunos dos 8ºs e 9ºs anos. Apenas duas equipes foram eliminadas até o momento. Caso a escola tivesse seguido as expectativas da ONHB, o resultado no momento seria este: para segunda fase seguiriam 10 equipes da escola, para a terceira fase, sete equipes e para a quarta fase apenas 3 equipes. No entanto, a EMEF. Coronel Esmédio segue com 9 equipes compostas por estudantes dos 8ºs e 9ºs anos do Ensino Fundamental. O número é significativo, já que representa três vezes mais do que a expectativa da própria Olimpíada.

O Professor Ms. Carlos Carvalho Cavalheiro, orientador das equipes daquela escola, salienta que em todas as participações na ONHB a escola sempre se destacou, chegando até a 5ª Fase (penúltima da competição). “Apesar de termos apenas duas aulas semanais de História na rede municipal, acredito que o sucesso se deva à dedicação dos estudantes a essa Olimpíada, bem como ao suporte dado pela Equipe Gestora da escola que proporciona a estrutura necessária para a realização das orientações”, diz o professor Carlos.

Ademais, o espírito exigido pelo professor nessa competição auxilia nos bons resultados: “Somos várias equipes, mas apenas um grupo: o da Escola Coronel Esmédio. Com isso quero dizer que peço aos participantes das equipes que trabalhem em regime de cooperação e não de competição. Desse modo, além das orientações dadas, as equipes procuram compartilhar entre si a reflexão sobre as questões e vão além. Há casos em que até a dificuldade de acesso à internet é resolvida com ajuda de membros de outra equipe. Então, o que há é cooperação entre os estudantes e não competição”, define Carlos Cavalheiro.

Em Porto Feliz, as equipes participantes da EMEF. Coronel Esmédio que continuam na 3ª fase orientadas pelo professor de História Carlos Carvalho Cavalheiro são as seguintes: As Monçoeiras (Amanda Moraes dos Santos, Ingrid Senciati  e Samira Senciati ), Os Bandeirantes de Porto (Hyago Mantuaneli , Larissa Dumont Rodrigues de Almeida e Kethillyn Regina Toledo), Os Iluministas das Monções (Gabriel Henrique Pedro, Lukas Renato Salles, Flavio Baldini), As Revolucionárias de Porto Feliz (Isadora Floriano Ferraz , Beatriz de Campos Alves  e Bianca Conrado Ribeiro), Elas(Marcela Andrade Veronezi Cavalheiro, Michele Ribeiro Bavati e Larissa Eduarda Tirabassi), LGC (Luís Guilherme Piva Cruz, Giovanna Eugênio dos Santos e Carolina  Gama de Almeida), JAS (Jannifer Kenedy dos Santos, Ana  Carolina Fernandes Rodrigues  e Samuel Gomes de Toledo Neto ), Waterloo (Bianca Laís Rodrigues Justino, Bárbara Lima Corrêa e Micaela Felix de Almeida), Ela & Eles(Rayane Camargo Feliciano da Conceição, Jean Vitor Reinaldo dos Santos e Arthur Cristian Tararan).

A equipe Os historiadores felizes (Katlyn Amanda de Souza Vieira, Gabrielle Bragantin Soares e Nilbert Davi Tuler de Moura) foi desclassificada porque não enviou a prova da 2ª fase. Já a equipe JAM (Julia Veiga, Adrielly Souza e Milene Aparecida dos Santos) não obteve a nota necessária para seguir para a 4ª Fase.

A participação da EMEF. Coronel Esmédio na ONHB conta com o apoio da Equipe Gestora formada pela diretora Michele Alexandra Alves Pinho, pela vice-diretora Mariana Gomes Genestra Romano e pela coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano), Selma Morro Correa. Também conta com o apoio e o incentivo da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes, tendo à frente como secretário o Prof. Ms. Celso Fernando Iversen. Os alunos são orientados pelo Professor Ms. Carlos Carvalho Cavalheiro, titular de História da unidade.

 

 

Tags: