Elza Franciso: ‘A soberania das cores’

06/01/2019 12:39

Elza Francisco

A soberania das cores

“Ficava me imaginando usando burca,/ a partir do Ano Novo.
Não pensei que as minhas vestes/ de Mulher  seriam  rosa./ Rosa…a cor do amor!”

Foto por Elza Francisco

A soberania das cores

Ficava me imaginando usando burca,
a partir do Ano Novo.
Não pensei que as minhas vestes
de Mulher  seriam  rosa.
Rosa…a cor do amor!
Rosa…sinônimo de brasileira.
Ah! estou emocionada!
Gosto mesmo é do azul.
Azul…da cor do céu.
Azul…sinônimo da amplidão.
Azul… a cor do infinito.
Azul…a cor da liberdade!
Na minha longevidade,
gosto do branco, vermelho, lilás.
Gosto da emoção
de me sentir gente.
Gente que procura a Paz!

Elza Francisco – elza.francisco@uol.com.br

Tags: