Elza Francisco: ‘Para a mulher’

09/03/2020 11:29

Elza Francisco

Para a mulher

Foto by Elza Francisco

Fico tocada

ao sentir a luta

da mulher que labuta

com dupla jornada.

O debate traz à pauta

o sonho e a poesia,

da persona escondida

entre o amor e a fantasia.

Cresce a selvageria,

a violência indomada,

a rudeza nos movimentos.

A vida mais focada

na corrida para os sonhos

desconstrói a mulher,

a figura símbolo da sensibilidade.

O coração quer igualdade.

A justiça sorri para os direitos,

sem  jeito, sem voz,

abraçada ao preconceito.

A mulher caminha calada.

Dialética  vida da mulher

sonhada na poesia.

A alma feminina

voa entre a realidade

e a utopia.

Nada fica,

apenas…o barulho do silêncio!

 

Elza Francisco

  Elza.Francisco@uol.com.br

 

Tags: