Élcio Mário Pinto: ‘Um dia diferente’

15/05/2018 23:40

“Com espaço arborizado, prédio ampliado e atendendo 48 (quarenta e oito) crianças entre 3 e 5 anos de idade, fomos muito bem recebidos.”

 

Hoje, sexta-feira, 11 de maio de 2018, disse para Adriana:
– Vamos para Itapetininga? Gostaria de passar pela escola “Crescêncio”, lá no Bairro São Roque.
E para lá fomos nós, sem aviso, sem combinados e tudo no mais puro improviso.
Chegamos à escola por volta das 13h00.
Fomos recebidos pela funcionário Raquel Mamede, que aliás, é prima da Dri.
Acontece que a família tem três linhas de tradição, por sobrenomes: Rocha, Crescêncio e Mamede.
Curiosamente, Raquel nos contou que Mamede veio da fé da bisavó, que quando nasceu seu filho, batizou-o com o nome do santo do dia, 17 de agosto. Então, em homenagem a São Mamede, a criança ganhou o nome que passou para uma linha da família.
Em seguida, recebeu-nos a Diretora Zeneide, do Centro Municipal de Educação Infantil “João Crescêncio da Rocha”, tio em segundo grau da Adriana, que também une a família pela linhagem Rocha, que é a linhagem de Janice, mãe da Dri.
Com espaço arborizado, prédio ampliado e atendendo 48 (quarenta e oito) crianças entre 3 e 5 anos de idade, fomos muito bem recebidos.
A surpresa da visita aconteceu para entregarmos, à gestão escolar, exemplares de minha publicação: “Cronicrinhas”, volumes zero, um, dois e três. São contos para crianças.
Enquanto a editora prepara o material que será oferecido na 5ª Caravana Literária em Itapetininga, envolvendo escolas municipais e estaduais entre os dias 18 e 22/06/2018, emprestei-lhes os exemplares que dispunha. Em breve, todas as escolas envolvidas receberão exemplares dos quatro volumes, gratuitamente!
No pátio, li para as atentas crianças: “As Velinhas”. Trata-se de um conto para ensinar a criança a contar de 1 a 10. Foi um sucesso com palmas e sorrisos dos pequenos!
Depois disso, uma verdadeira sessão de abraços com alegria e novas palmas.
São crianças carinhosas, próximas, alegres e de coraçãozinho aberto, cada uma delas.
Neste dia tão especial, nossos agradecimentos à Diretora Zeneide, às funcionárias Raquel e Marta – que é tia da Dri – e às demais professoras e funcionárias da escola infantil.
Com o coração agradecido, sem despedidas, só podemos dizer: até 20 de junho, às 14h00. Em seguida, também visitaremos a Escola Municipal de Ensinos Infantil e Fundamental “José Lauro Ferreira”, Bairro da Varginha, Itapetininga/SP.
Com muitos abraços!
Élcio Mário Pinto – escritor
11/05/2018
       
Tags: