Élcio Mário Pinto: ‘Quadro de cortiça’

21/11/2016 17:02

dsc_3755Élcio Mário Pinto – QUADRO DE CORTIÇA

 

Por anos a fio, aquele quadro apresentou seus recados.

Eram informações e dados, sempre procurados.

Quando deixado com atraso, todos reclamavam.

Não se podia aceitar que o quadro não confirmasse o que tantos buscavam.

E assim foram-se os anos até que o desânimo abateu-se no senhor do quadro.

A tristeza o engoliu quando seus dados, sentiu, nada significavam a todos quantos deles usavam.

Que lástima!

E aos poucos, o senhor do quadro despiu a cortiça dos documentos ali deixados.

Mais estranho ainda é que sequer alguém disse ter notado tamanha mudança.

Junto dos dados, foi-se o senhor do quadro.

E a cortiça, antes cheia, agora sem nada, refletuma terra árida, desmatada, fatalmente mortificada.

Já não há informações, nem dados.

Tampouco o senhor do quadro vive mais ao seu lado.

Só o quadro, com a cortiça morta, atrás de uma porta torta, no vazio, não mais espera.

Jaz, falecido!

 

Élcio Mário Pinto

20/11/2016

Tags: