Eduardo César Werneck: “A ‘sopa de letrinhas’ da ACLA…”

18/11/2018 20:41

“… afinal, o que seria da vida sem as ‘cigarras’ e se nela tão somente houvesse ‘as formigas’…”

Sempre há alguém disposto a nos desfazer…

Respondemos com trabalho!

Imagine, se Cruzeiro ficasse muito próximo a grandes centros urbanos? Não fica, paciência… não iremos esmorecer…

Então, com a ajuda dos “deuses” da Cultura, em uma tarde para lá de especial trouxemos História, Memória, Teatro, Poesia, Livros, Música, Artes Plásticas, Posse de novos Acadêmicos sem custo algum e tão somente pela vontade de alguns que não se cansam de lutar pela Cultura, e em apenas um dia (de poucas horas).

Uma reunião que sempre surpreende…

Por exemplo, fomos “invadidos” por um grupo de Teatro que apresentou um pequeno trecho de “Os Sete Anões” em uma linguagem mais atual e não menos interessante. O grupo de Teatro “Cia Viva de Artes”, comandado pelo Rodolfo Oliveira, despertou a todos tirando-nos do imobilismo…

Tivemos música e de excelente qualidade! Aline Nascimento com “Ne me Quitte Pas”, e, como na música devolvemos também… “não me deixes”, ou melhor, não nos deixe…

Tudo, e o que é mais saudável, perante uma plateia lotada e sedenta de Cultura, afinal, o que seria da vida sem as “cigarras” e se nela tão somente houvesse “as formigas”…

A ACLA, desta forma, vai cumprindo seu papel na História de nossa cidade! Deixe de preconceito e venha participar. Há lugar para todos na Terra “dos homens com boa vontade”.

Se não souber fazer nada, não tem problema! Saber ouvir não é para poucos…

Viva a ACLA !

 

Eduardo César Werneck – drwerneck@uol.com.br

Plateia lotada!

 

O ator e diretor de Teatro Rodolfo Oliveira encantou…

 

Aline Nascimento já “entrou” trabalhando…

 

A Acadêmica Sandra Vasconcelos apresentou seu mais recente livro (A Brisa do Por do Sol”), e ao fundo, à direita o historiador Eddy Carlos de Souza Vicente que nos apresentou um preciso relato sobre a Tuberculose e a cidade São José dos Campos.

 

O historiador Diego Amaro em momento em que ponderava sobre o “Historiador”…
Tags: